quarta-feira, 28 de março de 2018

Para onde vai o dinheiro das escolas?




Lembram-se daquelas manifestações de pessoas vestidas de amarelo, reclamando contra o corte nos subsídios aos colégios privados?
Lembram-se das canárias amarelas que gritavam pelas  ruas que iam ser vítimas do maior despedimento colectivo de que há memória em democracia?
Lembram-se dos paizinhos a arrebanhar os vizinhos para se juntarem às manifs dos amarelos, porque os filhos iam ser obrigados a frequentar escolas públicas ?
Lembram-se de os proprietários das escolas privadas defenderem que a atribuição de subsídios é um dever  do Estado, porque as escolas privadas estão a garantir um serviço que o Estado não presta?
Lembram-se de a associação de escolas privadas reclamar mais dinheiro do Estado e dizer que muitas escolas seriam obrigados a encerrar e deixar milhares de crianças sem aulas e professores sem emprego, porque era impossível sobreviver  sem um aumento dos subsídios?
Agora me lembro que  o governo Passos/Portas despediu milhares de professores das escolas públicas para subsidiar colégios privados.

10 comentários:

  1. A sério? Em Portugal?! Isso aconteceu em Portugal?!?
    Nããããã

    Isto por cá é só pessoal sério...

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, os que fizeram muitas manifestações, vestidos de amarelo, contra o governo de Sócrates por lhes ter cortado os subsídios. Lembro-me muito bem de Cavaco Silva, em campanha para o segundo mandato, ter passado ''por acaso'' por uns desses manifestantes, dizendo-lhes 'oxalá o governo vos oiça'... 😡

      Eliminar
    2. Tudo gente muito séria quando não se ri, Claudio

      Eliminar
  2. Excelente trabalho, Carlos.
    Toca em todas as feridas e faz todo o sentido perguntar se alguém se lembra.
    Gostava de ouvir a resposta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado António. Quanto à resposta, bem podemos esperar sentados, porque a comunicação social não está interessada em mexer nesse vespeiro a que deu grande cobertura.

      Eliminar
  3. E eu que o diga. Aqui à minha porta ha uma rica Associação, bem subsidiada, em que de manhã e de tarde, os papás, com os seu ricos carros, entopem todo o trânsito, incluindo os transportes públicos, para ospobres que perdem o comboio, e eu há muito tempo tive de pôr um portão eléctricoe, mesmo assim é quase impossível sair. Já me deitaram uma paredea abaixo. por causa disso também há dois meses que estou sem carro. O mais engraçado é que eu conheço alguns dos felizardos, que até descontos nas propinas, mas que não passam recibos pelos trabalhos que fazem.
    Há professores no público com horário zero e a receber o ordenado por inteiro porque não têm alunos por causa das privadas que construíram ao lado...Essa grandes fraudes vêem muitas pelo menos desde o tempo do Cavaco e agravou-se com o anterior governo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho um exemplo semelhante aqui ao pé e em frente à minha casa de Lisboa. Pululam por toda a parte estes vermes. Piores que o caruncho

      Eliminar
  4. Quero acreditar que se vá investigar essa choldra.
    Cambada de ladrões!!

    ResponderEliminar