sexta-feira, 16 de março de 2018

Notícias da doença X

Depois da Gripe A, de que certamente todos se lembram, a OMS apresenta o último grito em epidemias. Capaz de dizimar uma boa parte da Humanidade, a doença X promete também enriquecer laboratórios e farmacêuticas.

2 comentários:

  1. Visitando, lendo, gostando e elogiando as suas publicações. Voltarei...
    .
    * Nosso Amor ... a alvura do Universo *
    .
    Deixo cumprimentos.

    ResponderEliminar
  2. Doenças inesperadas e epidemias que dizimaram continentes sempre as houve. Eles agora brincam com a saúde. bastava um maluco ou um bem intencionado pôr cá fora uns vírus ou umas bactérias já conhecidas, que têm armazenados e seria uma limpeza química. Só que estas coisas sabe.se como começam mas não como vão acabar. mas mais grave muito grave é nós termos uma mini- epidemia de sarampo por causa duns profissionais de saúde que não quiseram vacinar-se, assim como haver escolas que recebem criancinhas sem vacina porque os papás não querem. Eu para tomar posse numa determinada categoria e não lidava com público tive de pôr as minhas vacinas em dia e dantes até tinha de fazer raio X. E esta hein?! Já agora quando vier a doença x, depois a y e a seguir a Z, que voltem a utilizar o Alfabeto Grego, porque gosto muito. E porque não o pi que nunca mais acaba? Mas eu queria era dizer que quando descobrirem as novas doenças se entendam mais depressa a registar as patentes e não esperarem tanto tempo para chegarem a acordo os três. O americano e os dois franceses do Instituto Pasteur, com aconteceu com o vírus da SIDA. Tinha um artigo muito interessante porque é que há dois ou três anos começaram a dizer mal dum medicamento contra o cancro, só porque um Senhor laboratório queria lançar outro dezenas de vezes mais caro e conseguiram desacreditar o outro e agora já há estudos publicados que o mais barato era mesmo eficaz, mas com ando às voltas com papéis agora não encontro a revista. E o outro conseguiu mesmo ser lançado...

    ResponderEliminar