quinta-feira, 15 de março de 2018

A cobardia da Europa



Escrevi  há umas semanas um post sobre a  actuação de Erdogan na Síria e o silêncio cúmplice da Europa ( ler aqui) 
Quando a Turquia prepara o assalto final a Afrin, as televisões continuam a empanturrar-nos com notícias sobre  Ghouta, enquanto de quando em vez nos lembram , em rodapé, o miserável ataque de Erdogan ao Curdistão, com a consequente ocupação de uma parte da Síria.
Os países europeus, com excepção da França,optam pelo silêncio e não fazem uma única crítica a Erdogan. Na ONU ninguém pede uma reunião de emergência para condenar a Turquia.
 Já não se trata de hipocrisia da Europa. É mesmo cobardia! 

4 comentários:

  1. Cobardia e inexplicável: a todo o lado onde a Europa vai em armas,na forma da NATO,são vitórias consecutivas!!!

    ResponderEliminar
  2. Todos iguais mas uns mais iguais que os outros :(

    ResponderEliminar
  3. A atuação dos turcos é a nova versão nazi do século XXI. E a Europa assobia para o lado.

    ResponderEliminar