quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Fecha a porta e apaga a luz

Lembro-me muito bem de, ainda há pouco tempo, o presidente do SLB e comentadores arregimentados terem dito que as portas da Luz estavam sempre abertas à PJ, porque  não tinham nada a temer.
Só que - já dizia Pimenta Machado- o que hoje é verdade amanhã pode ser mentira e assim que LFV foi constituído arguido, logo o advogado da agremiação da segunda circular, o conceituadíssimo João Correia, veio pedir a nulidade das buscas.
Afinal, parece que há alguma coisa a temer e se confirma a expressão popular "quem tem cú tem medo".


5 comentários:

  1. O que LFV disse mantém-se.
    Aguardemos para ver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como se mantém, António? Ele alega ( através de JC) que as buscas foram ilegais. Arrombaram portas para entrar? Não. Só alegou a ilegalidade das buscas depois de ter sido informado que ia ser constituído arguido.
      Obviamente que isso não quer dizer que ele esteja a admitir culpa, seja do que for, nem que venha a ser acusado. Registo apenas a mudança de atitude.

      Eliminar
  2. eh eh eh eh... «Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades»...

    ResponderEliminar
  3. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos...

    ResponderEliminar