terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Super Nanny




Ainda não vi nenhum programa da SuperNanny, pelo que continuarei a abster-me de comentar. No entanto, como era expectável, a discussão nas redes sociais fez aumentar as audiências do programa, o que a SIC agradece, já que a publicidade gratuita é sempre muito bem vinda. Como o demonstram exemplos de reality shows como o "Big Brother".
O que ouvi e li sobre o programa ( nomeadamente o debate promovido pela SIC ontem à noite)  foi suficiente para perceber que  o que está em causa é a exposição de crianças. 
Eu sei que há pais que consideram os filhos como propriedade sua. É o caso de João Miguel Tavares. Ao ouvir o intelectual das empregadas domésticas dizer que os pais têm todo o direito de expor os filhos publicamente, fiquei esclarecido. Não são só os ignorantes que olham para os filhos como objectos, ou animais de estimação.
Talvez um dia, quando  forem adultos, as crianças que estão a ser expostas gratuitamente na SIC ( é disso que se trata, não é?) mandem os pais à merda. É isso que eles merecem.
Bom dia!

4 comentários:

  1. Totalmente de acordo com a opinião do autor do texto. Haja respeito e vergonha
    .
    Poema: * Amor ... ou castigo do coração? *
    .
    Deixando saudações poéticas.
    .

    ResponderEliminar
  2. Afinal, os jornalistas de meia tijela também passam por aqui. Os nomes, claro. Ah, refiro-me a esse burgesso do João M Tavares.

    ResponderEliminar
  3. Já ouvi falar nesta treta uma série de vezes e ainda não sei o que é.
    Tenho que ir espreitar.

    ResponderEliminar
  4. Nem eu vi. E nem tenciono ver. Os programas televisivos cada vez têm menos nível.
    Restam-me as séries dos canais dos TVCines e da Fox (entre outros)

    ResponderEliminar