quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Os jornalistas que nos divertem

O semanário que MRS se esforçou por salvar é apenas um dos que durante dois anos andou a plantar notícias falsas sobre o governo e  veiculou as paranóias de Passos Coelho como se fossem assentes em verdades irrefutáveis.
Nem o facto de todas estas notícias serem ridículas  e desmentidas pela realidade, impede que alguém continue a financiar esta folha de couve porque sabe que dentro de pouco tempo será útil à sua causa.
Aproveito a oportunidade proporcionada pelo "Sol" para dizer que não entrei em euforia, nem celebrei a eleição de Centeno para presidente do Eurogrupo. Já há muito tempo percebi que quando um português é eleito para um cargo internacional , não traz benefícios para o pais. Veja-se, por exemplo, os casos de Vítor Constâncio ou Durão Barroso.
Admito, porém, que a escolha de Centeno me deu bastante gozo por causa destes jornalistas cretinos e, também, porque ainda me lembro da chacota da bancada do PSD e das gargalhadas alarves de Pedro Passos Coelho na AR, quando o ministro das finanças lá foi pela primeira vez
(Imagem rapinada ao Truques da Imprensa Falsa)