quinta-feira, 29 de junho de 2017

Memórias em vinil( CLXXII)


Esta noite recomendo aos diabéticos que não ouçam esta memória, porque é muito açucarada.
Boa noite!

Amores proibidos



Lucas, jogador espanhol vinculado ao Atlético de Madrid, e a mulher, Amélia, foram julgados e condenados pela justiça espanhola, depois de terem protagonizado uma cena de agressões mutuas na viapública 
 Entre as medidas aplicadas a Lucas, está a proibição de se aproximar da mulher.
A Liga terminou e Lucas foi de férias.
No início da semana regressou a Madrid e...foi preso. Motivo? Estava acompanhado da mulher, Amélia, com quem estivera a passar férias.
Lucas passou uma noite na prisão, antes de ser libertado, mas Amélia saiu em  liberdade horas depois de ter sido detida.

Lamento informar mas...



...por mais inquéritos que se façam e medidas que se anunciem, Portugal vai continuar a arder. Podemos é evitar que arda tanto... 
Desde que em 1992, durante a Cimeira da Terra no Rio de Janeiro, tive acesso a  um relatório em que cientistas conceituados ( a maioria deles Prémio Nobel) previam que Portugal, Chile e Califórnia  seriam das regiões mais afectadas do Planeta pelas alterações climáticas, que  não tenho ilusões.
Incêndios devastadores, tornados, cheias e outros fenómenos metereológicos tornar-se-ao cada vez mais frequentes, levando à desertificação progressiva. Consequências de alterações climáticas provocadas por comportamentos globais, mas que afectam de forma mais significativa algumas regiões.
Apesar do alerta, em vez de medidas que permitam retardar essa inevitabilidade, abriu-se a porta aos incêndios com decisões bizarras como a da eucaliptização das florestas. 
É altura de assumirmos que durante muitos anos nos comportamos como Trump. 
Agora é aconselhável que deixemos de nos comportar como a avestruz.
A desertificacao de parte da Península Ibérica será um facto consumado num período relativamente curto. Compete,porém, aos governos, alertar as pessoas e tomar medidas que dilatem esse prazo.