domingo, 14 de maio de 2017

Toma e embrulha, Pedro

João Miguel Tavares escreveu um artigo no "Público" criticando a tolerância de ponto concedida pelo governo  na sexta feira e sugeriu a António Costa que lhe tomasse conta dos filhos, porque ele e a mulher tinham muito que fazer e não podiam tomar conta das crianças que ficaram sem aulas.
António Costa leu o artigo e respondeu, prontificando-se  a ficar com eles da parte da manhã, já que da parte da tarde não podia porque tinha de estar em Fátima.
João Miguel Tavares não se fez rogado e na manhã de sexta-feira deixou os quatro filhos em S. Bento.
Eu  sei que isto desagrada a muita gente. Vão chover críticas,acusações de  populismo e sei lá que mais, mas são gestos de fair play e bom humor como este, que explicam  a geringonça e, porque não admiti-lo, tornam a vida menos pesada e sisuda. Como alguém escrevia há dias no FB, se as pessoas sorrissem mais, o SNS funcionaria muito melhor.
Está a perceber senhor Pedro Carrancudo Coelho?

Por falar nisso...

Não esqueçamos que a brilhante vitória de Salvador Sobral só foi possível, porque a irmã Luisa escreveu ecompôs  aquela bela canção a que Salvador deu vida. É da mais elementar justiça lembra-lo nesta hora de sucesso, para não cometer o mesmo erro de outros.
Na hora de comemorar o tetra, os responsáveis ( e a maioria dos adeptos?) benfiquistas esqueceram-se do nome de Jorge Jesus, obreiro de metade desse sucesso. 
É por isso que tenho muito orgulho em ser portista. No meu clube nunca se esquecem os nomes de todos os que contribuem para os sucessos do clube.
Já agora, devo acrescentar que tenho pena de quemnão  gostou ou não conseguiu emocionar-se com Amar pelos Dois. Deve ter uma vida triste...

Dia do Postal Ilustrado (53)

Não preciso de explicar a razão de ter escolhido para esta semana um postal que me foi enviado pelos meus pais de Lurdes em 1961, pois não?

Obrigado, Salvador!



Obrigado, Salvador. Foste fantástico. Os portugueses confiavam tanto em ti, que sairam para a rua a festejar às 20 horas, logo que o Festival começou!