sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Memórias em vinil (55)


Christophe é mais um cantor e compositor francês de  sucesso relativamente efémero. Teve alguns grandes sucessos nos anos 60, com destaque especial para "Les Marionettes" (1966) e "Aline" (1965), produzidas por Jean Michel Jarre.
A dependência do álcool e das drogas, porém,  ofuscaram a sua carreira.
Talvez não haja nenhuma razão para isso, mas sempre o comparei com Michel Polnareff, cujas canções e  musicalidade vocal me parecem bastante similares. Mas às tantas o problema é meu, que sou bastante duro de ouvido.
Boa noite e bom fim de semana.
Amanhã cá vos espero para o Chazinho semanal.

Este tipo é mesmo craque!



Bas Dost, ponta de lança do Sporting é mesmo craque. Não só marca  golos à fartazana, como ainda consegue perceber 20 a 30 por cento do que Jorge Jesus diz. Pois eu, que até falo português razoavelmente, tenho dificuldade em perceber mais de 10%...

Eutanásia

Sobre a eutanásia só tenho uma coisa a dizer:
É uma questão que não se discute, porque todos temos o direito a uma morte digna.
As/os fundamentalistas que, por razões religiosas,  querem negar esse direito a pessoas em sofrimento são idiotas que não respeitam os direitos dos outros .
Levar a discussão a referendo seria uma cretinice, porque o direito a uma morte digna é individual e não colide com os direitos de ninguém. Os deputados portaram-se bem ao afastar essa hipótese.

Ora aqui está uma boa notícia. Ou talvez não...



Desde pequenino aprendi a fazer "previsões" meteorológicas com base na sabedoria popular. Nesse enorme compêndio de sabedoria,  cujas páginas a minha Mãe conhecia de olhos fechados, aprendi, por exemplo, que "Se a Candelária rir está o Inverno para vir. Se a Candelária chorar está o Inverno a acabar."
Traduzido por miúdos, esta expressão quer dizer que se no dia consagrado a Nossa Senhora das Candeias (2 de Fevereiro), estiver sol,  o Inverno está para durar. Mas, se chover, então podemos pensar em arrumar as gabardines e guarda chuvas, porque o Inverno está a acabar.
Ora ontem, o sol, apenas apareceu, timidamente, pela manhã e,  mesmo não tendo chovido grande coisa, tudo indica que o Inverno esteja a dar as últimas.
Se por acaso o Inverno se prolongar para além do final de Fevereiro, não culpem  Nossa Senhora das Candeias, nem me atirem pedras, porque a explicação para o falhanço das previsões está nas alterações climáticas.
E quem contribuiu para que o clima "avariasse" e já não saibamos quando é Inverno ou Verão? Todos nós. Logo, todos somos culpados. Quem nunca tenha tido comportamentos atentatórios do ambiente, que atire a primeira pedra.