sexta-feira, 24 de novembro de 2017

O último "crime" de Trump



Após o devastador sismo que atingiu o Haiti em 2010, provocando mais de 100 mil mortos, Obama concedeu um estatuto de protecção temporária aos haitianos que procuraram refúgio nos EUA e aí tentaram refazer as suas vidas.
Cerca de 60 mil  haitianos - dos mais de 3 milhões afectados pelo sismo -  beneficiaram  desse estatuto, mas esta semana Trump decidiu acabar com esse benefício e estabeleceu um prazo de 18 meses para que possam obter um estatuto de residência.
É conhecida a política de Trump em relação aos imigrantes, pelo que deverá ser bastante reduzido o número de haitianos que conseguirão obter esse visto.
Poderão alguns argumentar, por outro lado, que 7 anos com o estatuto de protecção temporária é tempo suficiente para a reconstrução do Haiti. Lembro, no entanto, que além de ser o país mais pobre do mundo, durante o último Verão o Haiti foi devastado  pelos furacões Irma e Maria, deixando o país e seus habitantes em situação dramática.

3 comentários:

  1. Quando existe um presidente lunático, o resultado não pode ser bom. Muito pelo contrário.

    ResponderEliminar
  2. Com a devida vénia, assino por baixo o comentário anterior.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar