sexta-feira, 17 de novembro de 2017

O grande sucesso das privatizações

O governo que privatizou tudo a eito e sem critério, deve estar orgulhoso do seu trabalho.
Os CTT - uma empresa sólida e com grande credibilidade entre os portugueses quando era pública- está a atravessar uma crise de identidade. Além de os seus novos proprietários não saberem se estão a gerir um banco ou uma empresa de correios, o serviço prestado aos utentes deteriorou-se significativamente ( já aqui apontei vários casos) e a sua cotação em bolsa caiu com estrondo.
A Altice está numa situação financeira calamitosa, pondo em risco a existência daquela que chegou a ser a mais importante empresa do sector das telecomunicações e, quanto à TAP, nem a tentativa deste governo de minorar os efeitos de uma privatização escandalosa, feita pela calada da noite e nos últimos dias do governo PSD/CDS deverá impedir o desastre.
Na impossibilidade de reverter as privatizações selvagens, seria muito oportuna uma investigação séria aos negócios e lucros que se escondem por detrás de todas as privatizações. Creio que teríamos algumas surpresas, porque ao contrário do que se apregoa, as privatizações não tiveram apenas conotações ideológicas

Sem comentários:

Enviar um comentário