quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Onde está o dinheiro?




Já mais de uma vez manifestei a minha desconfiança face às campanhas de solidariedade com vítimas de uma qualquer catástrofe.
Apesar das minhas reticências, perante a catástrofe de Pedrógão voltei a sucumbir e contribuí com um donativo, acreditando que todas as verbas seriam canalizados para o REVIVA, fundo gerido pelo governo.
Mais uma vez fui enganado. Dos 14 milhões doados pelos portugueses, só uma ínfima parte foi para o REVIVA.
A maior parte do dinheiro foi parar a contas criadas por empresas , uma boa fatia está a ser gerida pela Santa Casa da Misericórdia e o restante pelos promotores das "campanhas solidárias".
Resultado: o dinheiro está a ser distribuído sem critério, nem controlo, havendo pessoas que receberam apoios em duplicado e outras que não viram a cor do dinheiro.
Perante tanta descoordenação não me espanta que, tal como aconteceu com os fundos comunitários, algum dinheiro doado por portugueses de boa vontade, acabe em carros topo de gama ou casas com piscina.

5 comentários:

  1. Uma questão que todos gostávamos de ver esclarecida.

    ResponderEliminar
  2. Carlos, depois de muito que os meus olhos viram fiquei vacinada. E hoje não digo mais nada a não ser qua as misericórdias gostam muito de comprar hospitais para fazer obras...e a culpa dos atrasos foi das férias diz o senhor:

    http://www.tsf.pt/sociedade/interior/dimensao-do-fogo-ferias-e-autarquicas-atrasam-donativos-para-pedrogao-8749968.html

    e que a roupa da "Salsa" que não passou no controlo de qualidade que foi doada à Guiné, mas foi parar aqui:

    http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/burla-marca-salsa-doa-roupa-a-guine-mas-encontra-a-a-venda-em-mafra-205551

    ResponderEliminar
  3. É revoltante!
    Como é possível ser-se tão reles, tão ruim, que se rouba o que é destinado à caridade??
    Assaltar a caixa de esmolas.
    Que asco!

    ResponderEliminar
  4. Dseculpe Carlos mas esta tá demais. Este até alugou um apartamento para encher de notas. E até participou em manifestações.

    http://veja.abril.com.br/blog/maquiavel/geddel-em-protesto-de-2015-ninguem-aguenta-mais-tanto-roubo/

    ResponderEliminar
  5. Ou casam as filhas como fizeram os alentejanos. ..

    ResponderEliminar