quinta-feira, 7 de setembro de 2017

A luta dos enfermeiros


Tanto quanto julgo saber, a luta dos enfermeiros é justíssima. Estão há anos a ser explorados pelo Estado, que não cumpre as suas obrigações com estes profissionais de saúde.
Lamento que os enfermeiros tenham sido obrigados a chegar ao limite, para fazerem ouvir a sua voz e obrigarem o governo a dialogar.
Penso, porém, que colocar em risco a vida das pessoas, não é uma forma de luta muito digna de profissionais de saúde que, presumo eu, terão jurado tudo fazer para ajudar a salvar os doentes.
Qual seria então a melhor forma? Sinceramente, não sei, mas se alguém morrer por estes dias por falta de assistência dos enfermeiros, não venham culpar o governo, porque isso é cobardia.

4 comentários:

  1. Declaração de interesses:não tenho nenhum enfermeiro na minha família.
    Mas se há enfermeiros que, para além da sua formação de base,têm formação numa especialidade, é evidente que devem ter uma remuneração diferenciada. Não é isso o que acontece com os médicos?!
    De qualquer modo, os enfermeiros devem assegurar os serviços mínimos.

    ResponderEliminar
  2. Conheço o dirigente sindical desde os tempos do liceu.
    Não é boa peça.
    E mais não digo.

    ResponderEliminar
  3. A bastonária dos enfermeiros é militante e dirigente do PSD, o que ajuda a explicar o porquê da luta dos enfermeiros neste momento

    ResponderEliminar