quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Memórias em vinil (CCVIII)

Que me desculpem os que preferem as loiras...
Boa noite!

7 comentários:

  1. Por onde andará o Adamo?

    Je suis brune!

    🙆

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde que lançou este disco, em 2008, não voltei a ouvir falar dele, Catarina, mas sei que lançou pelo menos mais um CD posteriormente https://www.youtube.com/watch?v=cnyo28CBnP0 Moi aussi, Je prefère les brunes :-)

      Eliminar
    2. :)
      É uma canção relativamente nova. Vou procurá-lo.
      Merci.

      Eliminar
  2. É sempre muito difícil as escolhas. Contudo que elas sejam dentro da nossa realidade. Aquele AbraçO

    ResponderEliminar
  3. Não me recordo desta
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
  4. Então e esta - J'aime - de 1965? Com uma letra simples, pura e verdadeiramente amorosa?
    https://youtu.be/ch8UJfGynB4

    ResponderEliminar
  5. Eu sou loira e sempre gostei muito desta canção, assim como a que ele dedicou à Dolce Paola, que era loira, comme o "tombe da neige" e tantas outras. Sempre fui uma louca pela canção francesa, desde a Barbara, a tantas e tantas outras, para não falar nas mais conhecidas. Não há língua mais doce e melodiosa que a francesa. Também há muitas dengosas espanholas e é melhor não falar das italianas. Enfim, são os anos sessenta e setenta. Também não escondo Um"dark side of the moon", mas aí a artilharia era outra.. Enquanto escutava apareceram Les Feuilles mortes dum grande Yves. e é só seguir a ordem que nunca mais saio daqui...

    ResponderEliminar