domingo, 23 de julho de 2017

Dia do Bilhete Postal ilustrado (63)



Em tempos, assim que se aproximava o Verão, lançava desafios aos leitores do CR. Em 2010, por exemplo, pedi aos leitores que me enviassem postais dos locais onde estivessem a passar férias ou onde tivessem passado umas férias inesquecíveis.
Nos dois últimos anos, por razões relacionadas com o meu estado de saúde, mas também por falta de paciência e por não querer maçar mais os leitores, não lancei nenhum desafio de Verão.
Decidi, no entanto, a propósito desta rubrica "Dia do Bilhete Postal Ilustrado", suspender durante umas semanas a publicação dos meus posts e republicar os posts que então me foram enviados pelos leitores do CR, respeitando a ordem de publicação no Verão de 2010.
O primeiro veio da Alemanha e foi enviado pela Teresa. Um belíssimo exemplar  onde se fala de Dresden, conhecida como Florença do Elba.

6 comentários:

  1. Tenho tantas saudades dos desafios do Carlos, assim como dos desafios da nossa querida amiga Teté 🌹

    É uma excelente oportunidade de recordar os postais dos outros amigos.

    Embora as minhas férias em Dresden tenha sido fantásticas, neste momento, preferia visitar a nossa cidade invicta, que não vejo há mais de dois anos.

    Continuação de um domingo poético e feliz 😇

    ResponderEliminar
  2. Eu também tenho saudades, Teresa. Tencionava lançar um desafio em grande em setembro, quando o CR fizer 10 anos, mas faltam-me as forças. Esta fase final está a ser bastante difícil.
    Eu também já não vou ao Porto desde o funeral da minha Mãe, em setembro de 2015. Quero ver se consigo ir lá em Agosto para me despedir. Beijinho do seu amigo tuga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que significa:

      "Esta fase final está a ser bastante difícil."

      "Quero ver se consigo ir lá em Agosto para me despedir."

      Não me ponha triste, Carlos.

      Não se esqueça do nosso encontro no "Piolho".

      Eliminar
    2. Lamento muito, Teresa mas, a não se que haja um milagre, não haverá encontro no "Piolho", nem poderei concretizar o convite que lhe fiz para almoçar na casa onde cresci. Sorry. Beijinhos

      Eliminar
    3. Há ocasiões em que queremos acreditar em Deus e nos seus milagres; temos mesmo que acreditar, pelo menos, em milagres.

      Embora o meu corpo tenha ficado gelado com a notícia, o meu abraço de amizade é muito quente.

      Eliminar
  3. Das fotos que vi, Dresden pareceu-me uma cidade linda e histórica.

    ResponderEliminar