sábado, 10 de junho de 2017

Os amigos da Teresa

Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és.
Estes são os amigos de Theresa May que vieram em seu socorro para a salvarem de uma humilhação ainda maior.

16 comentários:

  1. Para pior já basta assim.
    Bom fim de semana, Carlos.

    ResponderEliminar
  2. Devo dizer, Carlos, que muitas vezes, ainda antes de ler os seus posts, sorrio com os títulos... =)

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Compreendo perfeitamente​ o desespero da Theresa May, Catarina, no entanto, era mais fácil ficar "só e núa" do que fazer um pacto com o 😈 diabo, pacto esse que lhe dar cabo da carreira política.

      Eliminar
    2. Durante a campanha eleitoral disse que se perdesse 6 deputados viabilizaria um governo de Corbyn.
      Perdeu 13 e vai formar governo coligando-se com um partido de radicais. O apego ao tacho não conhece sexos, Catarina

      Eliminar
    3. Fico com imensa pena se Theresa May destruir a sua carreira política, Teresa...

      Eliminar
    4. O Carlos perdeu o "h" ao escrever "os amigos de Teresa". Os meus amigos, embora sejam da extrema direita, são mais inteligentes do que os amigos da Theresa May.

      Numa coisa concordo com o Carlos: o apego ao tacho não conhece sexos.

      Claro que que o Carlos está contente com tanta idiotice por parte da Theresa May. Mas o Carlos esá bem acompanhado na sua alegria: os meus amigos Wolfgang e Angie festejaram a derrota da May.

      Eliminar
    5. Tem toda a razão, Teresa. O H caiu...
      Os seus amigos estão satisfeitos, mas por razões bem diferentes das minhas. Eles querem é mesmo ver a GB enfraquecida , enquanto eu receio essa fraqueza.

      Eliminar
  4. Comentátio de Frederico Lourenço:
    «Quando o conservador Daily Telegraph escreve um artigo a exprimir preocupação pela aliança que Theresa May fez com a direita evangélica da Irlanda do Norte (DUP) é mesmo de ficarmos preocupados:»

    "Going back decades, the DUP was at the vanguard of the failed Save Ulster from Sodomy movement that campaigned against the 1982 legalisation of homosexual sex in Northern Ireland.

    In more recent times, former first minister Peter Robinson's wife Iris, then an MP, described homosexuality as an "abomination", while the MP son of Dr Paisley, Ian Paisley Jr, said he felt "repulsed" by homosexual acts.

    A party councillor in Ballymena reportedly claimed Hurricane Katrina, which killed more than 1,500 people in the US, was God's revenge for New Orleans hosting an annual gay pride event."

    http://www.telegraph.co.uk/news/2017/06/09/ruth-davidson-given-gay-rights-assurance-pm-dup-deal/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio que as respostas aos comentários anteriores se aplicam ao seu, Anfitrite

      Eliminar