quarta-feira, 31 de maio de 2017

Memórias em vinil (CXLVII)

Hoje sinto-me assim.
Será porque dentro de minutos entramos em Junho e começa a cheirar a férias?
Boa noite!

2 comentários:

  1. O meu companheiro de viagem entre Lisboa e Londres quando vinha a caminha de Macau (o Tordo).
    Uma voz única, um poema absolutamente excepcional.

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito. mas falando de outros tempos encontrei esta e talvez o Carlos goste de matar saudades de outras paragens: https://www.youtube.com/watch?v=8kQZHYbZkLs

    ResponderEliminar