quarta-feira, 26 de abril de 2017

Memórias em vinil (CXVII)


Por acaso não tenho este disco, mas lembrei-me que, perdido o sonho, esta era uma boa memória para   o dia seguinte.
Boa noite

3 comentários:

  1. Fausto, mesmo sem sonhos, canta primorosamente e as músicas deste disco são no meu entendimento leigo, de excepção.

    ResponderEliminar
  2. Pois eu tenho este LP em vinil, claro. Não se podia perder. E ainda o utilizei no dia da água. Sonhos acordada também não tenho!

    ResponderEliminar