sábado, 22 de abril de 2017

Memórias em vinil ( CXIV)





Vou deixar-vos durante uns dias, mas continuarei a  trazer-vos "Memórias em vinil" para vos dar as boas noites, durante a minha ausência. Também ficarão alguns posts agendados.
A forma mais apropriada que encontrei para vos dizer que espero encontrar-vos por aqui quando voltar, foi trazer Jacques Brel com esta canção imortal.
Fiquem bem e... "Ne  me quite pas"

8 comentários:

  1. Está é bloqueado. O vídeo. Fica a intenção. E nós, os leitores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo aviso, Bea. As minhas desculpas.Na verdade, quando o coloquei não estava.
      Pode agora ouvir este. Espero que também não o bloqueiem

      Eliminar
  2. Não, não o esquecemos, Carlos.

    Goze uns dias maravilhosos e volte para a nossa companhia com aqueles cházinhos tão deliciosos.

    Sempre gostei do belga e das suas canções imortais.

    ResponderEliminar
  3. Obrigada:).
    Ficamos à espera. Que a sua ausência seja por bem e seja presença bem vinda em algum lugar.
    Have fun

    ResponderEliminar
  4. Nós por cá ... o esperamos, Carlos.
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Escolha excelente, esta. Cá estaremos!

    E boas férias... se são férias. :)

    ResponderEliminar
  6. Hoje não gosto desta canção parce que https://www.youtube.com/watch?v=zGr3j9eYFfc

    ResponderEliminar
  7. Imortal mesmo, Carlos.
    A gente vai ficar por aqui a ouvir e a cuscar.

    ResponderEliminar