quinta-feira, 23 de março de 2017

Um homem sem qualidades




Cada dia que passa, Cavaco tona-se um ser mais desprezível.
Cada vez que abre a boca exala um cheiro a podridão.
Cada vez que dá uma entrevista para promover o seu livro, enterra-se mais e mais no lodaçal do "Vamos Contar Mentiras".
A última entrevista ao Público é simplesmente asquerosa.
Na impossibilidade de a reproduzir, encaminho-vos para este texto muito esclarecedor, de um jornalista insuspeito de ser de esquerda...

5 comentários:

  1. o jornalista insuspeito de ser de esquerda foi assessor de imprensa de um ministro ps.

    ResponderEliminar
  2. o jornalista dito insuspeito de ser de esquerda foi assessor de um ministro do ps.

    ResponderEliminar
  3. Para Paulo Baldaia dizer o que diz de Cavaco, é porque na realidade o ex PR é mesmo uma figura desprezível.
    É que o ex director da TSF detesta dizer mal de tudo o que cheire a laranja.

    ResponderEliminar
  4. Essa moda de lavar roupa suja em público em forma de livro já enoja.
    Mas vende, ora se vende!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente essa é uma realidade. Vamos a uma livraria e o que vemos é livros de gente que nada sabe da vida. Os clássicos da literatura onde estão? Arrumados nas prateleiras. Sim o clássicos, que incomodam os que se acham da direita ou da esquerda e que tem a fórmula mágica de governar para o umbigo deles. Esta é a realidade da cultura geral dos portugueses, cada vez mais snob...

      Eliminar