quarta-feira, 15 de março de 2017

E o vencedor é...



A propósito da tensão crescente entre a Turquia e a Holanda, tenho ouvido e lido muitas opiniões que apontam sempre no sentido de  esta " guerrilha" beneficiar  simultaneamente Erdogan e a extrema direita holandesa. 
Não estou a ver muito bem como é que um partido islamofóbico sai beneficiado do confronto  com um país que pretende acabar com a laicidade e tornar-se um país islâmico, mas deve ser problema meu. Daqui a umas horas, quando forem conhecidos os resultados das eleições holandesas, talvez mude de opinião mas, até lá, apenas tenho uma certeza:
O grande beneficiário deste confronto é Putin a quem um conflito  (ainda que, por agora, apenas verbal) envolvendo países da UE serve às mil maravilhas para a sua estratégia. Por um lado desvia as atenções da Ucrânia, permitindo-lhe cimentar as posições russas na região. Por outro,convém ter a Turquia do seu lado num eventual confronto com a Europa, pois a Turquia pertence à NATO e é, "apenas", a  oitava potência militar do mundo e a segunda na Europa
Com a Turquia  como aliada ou mesmo apenas "neutralizada" e o Reino Unido ainda indeciso quanto ao seu futuro no espaço europeu e as alianças com os Estados Unidos, Putin  está mais à vontade para prosseguir o seu plano de reconstrução do império russo.

7 comentários:

  1. Os hackers que invadiram os serviços da Yahoo foram descobertos (500 milhões de emails). São RUSSOS!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um deles foi "capturado" em Toronto. Ontem.

      Eliminar
    2. As Tvs de cá andam muito atrasadas, pois nos telejornais noticiaram que estavam identificados e havia mandados de captura, mas ainda nenhum tinha sido detido...

      Eliminar
  2. Putin assiste 'de cadeirinha' a tudo isto e sorri.

    ResponderEliminar