quarta-feira, 8 de março de 2017

Desafio aos machos latinos

O que eu mais gostaria de dizer às mulheres, neste dia, é que faço votos para que haja um tempo em que não seja preciso celebrá-lo.
Entretanto, desafio  OS leitores do CR a fazerem o que esta mulher faz.

7 comentários:

  1. Não peça o IMPOSSÍVEL, Carlos!!
    Este poder de concentração não é para qualquer um, seja homem ou mulher. Gostei!!
    :)

    ResponderEliminar
  2. Um dia muito condescentende...

    Eu prefiro fazer mindfullness meditation. : )

    ResponderEliminar
  3. Oh como gosto desse seu voto!! (eu não seria capaz, não. Sou pouco paciente e pouco serena...)

    ResponderEliminar
  4. Lamento mas o seu desafio não vai ser aceite!

    Magnifico!! Já conhecia, mas é daquelas coisas que vejo e revejo.

    Beijinho Carlos.

    ResponderEliminar
  5. Não desafie que a gente não consegue. Nem me apetece tentar. Mas sim, espero, mesmo que já não o veja, que as mulheres sejam de todos os dias, sem diferença. E hoje que vi uma data delas de flor na mão, pergunto-me quantas dessas flores significam realmente? Não sabemos. Sabemos que o estigma sobrevive. E há sociedades que as escravizam. E menosprezam. E desprezam. E martirizam. E outras que não, mas sim. E muita gente evoluída que sim.
    Benditas sejam as mulheres. Que o mundo sem elas nem era mundo; morria de triste e sem graça.

    ResponderEliminar
  6. Dia Internacional da Mulher, dia de aniversário da minha mulher, dia de aniversário da Teté.

    ResponderEliminar