quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Vamos contar mentiras?

Parece não restarem dúvidas sobre a trapalhada em que Centeno se meteu por causa da CGD. Fez-se de “Lucas”, mas no ar ficou a pairar a ideia de que terá criado em António Domingues a expectativa de que poderia eximir-se à declaração de rendimentos
Dou isso de barato e até admito, sem qualquer rebuço, que a sua prestação na AR tenha sido pautada por frases dúbias. Razão para que Centeno se demitisse?
Se os mesmos critérios tivessem sido seguidos no tempo do governo anterior, metade dos ministros não tinham chegado a meio do mandato. Esqueçamos as mentiras de vários ministros. Esqueçamos as aldrabices de Passos Coelho, porque têm uma justificação: o ex pm é um aldrabão compulsivo e isso costuma tratar-se clinicamente e não com política.
Cinjamo-nos, pois, às prestações da homóloga de Centeno  no governo dos pafiosos.
A oxigenada ministra das finanças disse na AR que não tinha sido informada das swaps das empresas de transportes. Ficou provado que mentiu
Garantiu nunca ter tido contacto com quaisquer swaps quando trabalhava no IGCP- Ficou provado que mentiu.
Em Portugal afirmou sempre que os cortes nas pensões e salários eram temporários. Veio a saber-se que ela garantiu aos amigos Schaueble e Djissolboem que esses cortes seriam definitivos.
Também me recordo das mentiras de Marilú sobre o Novo Banco e o BANIF. E lembro-me de muitas outras minudências que mostram o carácter da oxigenada que substituiu Vítor Gaspar, provocando a demissão irrevogável de Portas ( durante 10 minutos).
Face a tanta mentira, Marilú demitiu-se? O mentiroso compulsivo Passos Coelho demitiu-se? Não. Então por que raio haveria de demitir-se Centeno?


8 comentários:

  1. Caro Carlos, permitir-me-á que saliente esta parte do seu texto:
    "Se os mesmos critérios tivessem sido seguidos no tempo do governo anterior, metade dos ministros não tinham chegado a meio do mandato".

    Tenho dito!

    ResponderEliminar
  2. Nada a acrescentar. Está aí tudo, preto no branco como soe dizer-se.

    ResponderEliminar
  3. Vamos contar mentiras no dia primeiro de Abril, agora ainda não.

    O António Costa tem um osso duro de roer com esse ministro. Salve-se quem puder.

    ResponderEliminar
  4. Provar que existe mentira! Provar! Neste país ninguém sabe o significado da palavra provar? Arre mundo!
    E resultados? Ninguém está disponível para avaliar os resultados de Centeno? Arre mundo!

    ResponderEliminar
  5. O Centeno teve de agradar a gregos e a troianos e em pouco tempo conseguiu resolver um problema que ninguém conseguiu. Só porque não é charlatão nem fala-barato e conseguiu o que os outros não queriam, não o deixam em paz. Mais triste é Lobo Xavier, que conseguiu mais um tacho no BIP, armar-se em delator, ou a criar mais confusão num programa televisivo. Este país parece que não tem problemas para esta canalha não nos deixar em sossego. Se a Oxigenada doida tivesse hoje anunciado o défice mais baixo da Democracia portuguesa, os media não falariam de outra coisa. Mas não! As tv's abrem os telejornais com notícias de caca.

    ResponderEliminar
  6. Acho piada a este postal: https://estatuadesal.com/2017/02/15/a-noiva-o-corno-e-a-alcoviteira/

    ResponderEliminar
  7. Que conjugem todos o verbo mentir em todas as pessoas e tempos.
    Os geitosos ao serviço do leporídeo já se esqueceram da novela Relvas? Porque não vão apascentar nos montes Hermínios?

    ResponderEliminar