segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Memórias em vinil (41)



Mireille Mathieu  é uma das cantoras francesas com mais sucesso internacional, nomeadamente no Reino Unido, EUA, Canadá, Rússia, China e  Brasil. Apontada por muitos como a herdeira de Piaf, tem uma voz poderosa. Reconhecida como a maior embaixatriz da canção francesa, Mireille Mathieu recebeu ao longo da carreira inúmeras distinções internacionais. Em França foi galardoada com a Legion d'Honneur.
Começou a carreira em 1962,  ano em que Edith Piaf  faleceu. Em 2012 assinalou os 50 anos de  carreira e da morte de Piaf com um espectáculo no Olympia, sala onde  teve grandes noites de sucesso.
Recordo dois dos seus sucessos. Acima, podem ouvir "Mon Credo", uma das canções onde é mais notória a semelhança  vocal com Edith Piaf 


Num registo diferente, recordo também "Paris en colére"
E deixo-vos aqui outras sugestões que retirei do meu baú, para pesquisarem no You tube

Tenham uma excelente semana

4 comentários:

  1. À altura do seu aparecimento no mundo da música, falou-se que Mireille Mathieu , seria a substituta ( se é que isso é possível) de Edith Piaf, dada a semelhança de vozes.
    Esta é uma rubrica onde se matam saudades.

    Excelente semana também para si, Carlos.

    ResponderEliminar
  2. TINHA UMA VOZ FABULOSA, mas faltava-lhe expressão. "Paris en Colère" era uma grande canção do filme "Paris já está a Arder?" sobre a 2ª. GG, com realização de René Clément, música de Maurice Jarre e um elenco de luxo e onde os estúpidos dos alemães ainda não se tinha apercebido que já tinham perdido a guerra.

    ResponderEliminar