terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Memórias em vinil (32)

Nos anos 60, o festival da Eurovisão ainda era uma plataforma segura para atingir notoriedade no meio musical.
Em 1965, a parisiense France Gall   foi a vencedora em representação do...Luxemburgo. A canção (Poupée de cire, poupée de son) é desenxabida e a voz de France Gall um bocadinho irritante para o meu ouvido, mas a vitória garantiu-lhe a venda de muitos milhões de discos e muitos contratos para actuar por toda a Europa e também no Canadá.
Não me lembro de outra canção de France Gall, pelo que se os leitores puderem dar uma ajuda, agradeço.
Entretanto, divirtam-se a ver o vídeo, porque vale mesmo a pena recordar a voz e a postura corporal da vencedora do Eurofestival 65.



4 comentários:

  1. Só novidades para mim.
    Não tenho ideia nenhuma de ter ouvido esta melodia.

    ResponderEliminar
  2. Pois eu lembro-me muito bem de ter visto e ouvido France Gall no festival da canção e ter gostado bastante. Na verdade lamentei não ser loira nem ter assim uma voz meia de lata. E levei que tempos a cantar aquele estribilho e a tentar que o meu cabelo, então bastante espalhafatoso, me ficasse parecido. Com pena minha nada consegui nem das cordas vocais nem do resto. Paciência.
    Rever o vídeo é na verdade engraçado. E pensa a gente entretanto, como é que gastei tempo que me pertencia a imitar esta miúda. Coisas.

    ResponderEliminar
  3. Que recordação tão boa, Carlos!
    Agradeço tê-la trazido aqui.

    ResponderEliminar
  4. Naquela altura todos víamos os festivais. E eu também trauteava esta canção sem interesse. Neste ano o Bobby Solo ganhou o de Sanremo.

    ResponderEliminar