quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Memórias em vinil (14)


O canadiano Paul Anka teve o ponto alto da sua carreira como "cançonetista" nos anos 50, mas nos anos 60 temas como  "Diana" (1957) " Put your Head on my shoulder" ( 1959), ou " You are my destiny" (1958) tinham presença obrigatória nos bailes de garagem.
Nunca fui fã de Paul Anka, mas este piroso  "Cinderella"  acabou por integrar a minha discoteca, certamente por oferta de alguém que não pôs a dedicatória na capa, como era muito usual à época.
Paul Anka, que a partir dos anos 60 foi mais actor do que cantor ( entrou, por exemplo, em  "O Dia Mais Longo") foi editando alguns discos ( especialmente duetos) ao longo das décadas seguintes,mas sem grande sucesso.
Escolhi "Put your Head on My shoulder", porque me lembrei de uma piada usual quando alguém punha esta canção nas festas: 
" Pronto, lá vem a versão inglesa de Encosta tua Cabecinha no meu ombro e  chora" ( uma canção super pirosa interpretada pelo brasileiro Ivon Cury, que teve grande sucesso em Portugal, entre os nossos pais).


É assim que Merkel vai salvar a Europa?





Aos ingénuos que depositam grandes esperanças em Merkel e acreditam que só ela pode salvar a Europa, recomendo que não esqueçam este episódio.
Se é asimque a Alemanha  vai salvar a Europa, então faço votos para que saiamos deste clube de debochados enquanto é tempo. 

Those were the days (37)



O Casino do Estoril está a comemorar o seu 85º aniversário. Há duas semanas houve uma festa para inaugurar a exposição alusiva à data.
Tive a honra de ser um dos convidados e fui surpreendido com esta foto de 1970, quando fazia parte do corpo de ballet que animava as noites da Linha.
Este post devia ser escrito no dia 1 de Abril, mas ainda falta muito tempo para lá chegar e, nessa altura, a exposição já não deverá estar aberta ao público.
A verdade, porém, é que quem está na foto sou mesmo eu...