sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Those were the days (18)

Afinal, o Viagra já existe há quase um século!

A invasão espanhola

No início  de Julho passei uns dias na Praia Verde. Ao início da manhã o ambiente era tranquilo mas, quando o sol já ia alto, começavam a chegar hordas de espanhóis em demanda de um areal mais acolhedor e um mar mais atractivo.
Quando regressava do meu passeio diário pela praia, até Altura ou Manta Rota, já o areal  da Praia Verde estava coberto de gente, maioritariamente espanhóis. Muitos traziam farnéis, almoçando na praia. Havia também os que chegavam a meio da tarde e regressavam a casa ao final do dia, sem consumirem nada.
Um dia, ao final da tarde, estava eu numa esplanada a beber uma sangria sem álcool, quando estala um burburinho em castelhano. Rapidamente me apercebo que se trata de uma família que, à falta de chuveiros na praia, pretendia usar os da esplanada.
Nada os impedia de o fazerem, mas o chuveiro só funcionava mediante a introdução de uma moeda de 50 cêntimos. Os espanhóis lá meteram a moeda na ranhura e os quatro conseguiram desenfarinhar-se da areia apenas com uma moeda.  Depois fartaram-se de protestar contra o roubo.
Uma empregada, indignada, dizia apenas

- Vêm para cá, levam-nos a areia e a água do mar, não gastam dinheiro e ainda queriam água à borla para se lavarem? Vão tomar banho a casa, forretas!