quarta-feira, 6 de julho de 2016

Não é para desmoralizar...

... mas ao ver a euforia que se instalou entre os portugueses, tenho a sensação que a nossa caminhada no Euro termina hoje. Só vi o jogo do País de Gales com a Bélgica e, devo dizer, fiquei surpreendido.
Não acredito que haja excesso de confiança entre os jogadores portugueses, mas sei que Portugal se dá mal com equipas com o estilo de jogo dos galeses.
É a quinta vez que Portugal está nas meias finais de um europeu. Se mais uma vez  não conseguirmos ir à final, não passem da euforia ao desânimo e, acima de tudo, não desatem a zurzir nos jogadores e equipa técnica.
E, aconteça o que acontecer, não digam que tivemos azar. Já tivemos sorte suficiente neste europeu, para chegarmos à  final de domingo e a vencermos.
Se ficarmos pelo caminho, o pior que podemos fazer é criticar as opções do treinador. Quanto ao árbitro, se não for alemão nem espanhol, também não deverá haver razão para desculpas.