quinta-feira, 12 de maio de 2016

Coisas realmente importantes

Começou ontem o Festival de Cannes. Por lá vão estar Almodôvar e Sean Penn, os irmão Dardenne ou Paul Verhoeven.
E também as estrelas do costume. Como vou passar mais um ano sem ver a Penélope?
Tantas saudades dos tempos, ainda tão recentes, em que tinha lá presença obrigatória...
Bem, há sempre a esperança de o sonho se tornar realidade durante a noite.

Retrato de um servidor



Ontem à noite, a SIC prestou mais um mau serviço ao país. A entrevista a António Costa poderia ter sido esclarecedora, mas não era esse o objectivo. Por isso  escolheu para entrevistador José Gomes Ferreira.
Chegou a ser hilariante ver JGF. Aflito  com a clareza das respostas de António Costa, passou a fazer a pergunta e, assim que o PM começava a responder, dizia " não temos tempo". Confrangedor, mas hilariante. Também motivo para perguntar:
Quais seriam os interesses que JGF estava a defender?  Quem lhe terá pago para fazer algumas das perguntas?
É que face ao passado recente, em que JGF serviu de muleta a candidatos à compra da TAP,  com entrevistas pagas, é lícito perguntar se o homem que passa por  jornalista especializado em economia, mas nem sequer economista é, merece alguma credibilidade.
Leia este artigo ("José Gomes Ferreira nos corredores da corrupção") e tire as suas conclusões.
Já agora, sobre a SIC, não perca esta excelente crónica de FF

A vingança



Isto de Bruxelas ameaçar cortes nos fundos a Portugal, porque entre 2013 e 2015, o governo anterior não respeitou o esforço orçamental, cheira mesmo a vingança de filhos da puta.
Se os Pafiosos se mantivessem no poder, a lixar a vida a quem trabalha, tudo seria permitido, mas como é um governo de esquerda que se recusa a martirizar mais os portugueses, a corja de bandidos europeus quer aplicar sanções a Portugal.
Mais triste ainda, é ver que a direita aplaude Bruxelas, o que demonstra o grau de subserviência que o anterior governo mantinha em relação à Alemanha.
Se é para isto que estamos na Europa, concordo com Catarina Martins e Jerónimo de Sousa. Que se f... a Europa. 
Quanto aos comentadores, analistas  e ressabiados  que, embora reconhecendo o erro cometido pelo anterior governo,advogam que o PS tem de assumir as responsabilidades, por se ter aliado ao PCP e ao BE, só há uma interpretação possível: a corrupção mental minou de tal forma a sociedade portuguesa,que pessoas  de direita por quem tinha consideração-alguns mesmo estima-
e sempre considerei intelectualmente honestas,se tornaram meros bonecos de feira acéfalos, ao serviço dos interesses do ilusionista de Massamá.

O palhaço mentiroso




Lembram-se do slogan que elegeu o palhaço Tiririca?
Eu recordo.
" Vota Tiririca. Pior do que está não fica!".
O palhaço foi eleito mas, afinal, o Brasil ficou mesmo pior!
Registe-se que, até ao momento deste vídeo, Tiririca nunca tinha falado na Câmara.
( Vale a pena ver o vídeo, acreditem. São apenas alguns segundos. suficientes para recordar o circo em que se transformaram as instituições no Brasil).