sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Valha-nos Nossa Senhora da Agrela!

Isto é o fim do mundo!
Onde é que já se viu aumentar impostos sobre a banca, obrigar os fundos imobiliários a pagar IMI, ou aumentar o imposto sobre o crédito ao consumo?
Onde é que se viu atacar assim, sem mais nem menos, quem tem poder, dinheiro e estatuto de intocável e restituir os salários aos mandriões que fingem que trabalham e devolver as pensões aos velhos?
Onde é que já se viu um governo ter a ousadia de negociar com Bruxelas?
Onde pode  chegar o atrevimento? Onde é que já se viu um governo de esquerdalhos demonstrar aos patriotas de direita que afinal, a TINA ( There Is No Alternative) era uma excrescência  e bastava acreditar na TIA? ( There Is Alternative)
Este país está a ser governado por comunistas. Qualquer dia a populaça vem para a rua fazer distúrbios. Valha-nos Nossa Senhora da Agrela!

Laranja é a cor da moda primavera/verão?


O PSD marcou o início do 36º Congresso para 1 de Abril (Dia das Mentiras). Sabendo que não se trata de mera coincidência, porque no PSD tudo é pensado ao pormenor, fica a dúvida: trata-se de uma homenagem ao grande líder, ou um lapso (in)voluntário?
Seja qual for a resposta, é imperioso reconhecer que a data assenta que nem uma luva na turma dos mentirosos laranja.
O chefe da corja laranja já veio dizer que espera voltar a ser primeiro ministro em breve e, sabe o CR, até já tem música para a campanha ( ver foto)
Giro, giro, é ouvir Passos Coelho, em estilo moda Primavera/Verão, dizer que sempre foi social democrata e as medidas do seu governo também.
Como se não nos lembrássemos dos que, durante quatro anos, andaram a renegar a social democracia, que consideravam obsoleta e só apreciada por jarretas.
Ouvir agora esses ( incluindo Passos) afirmar que a social democracia é que é bom não me mete nojo. Dá-me apenas vontade de os mandar dar uma volta ao bilhar grande.