segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Memórias em vinil (16)


Donovan foi uma estrela meteórica no meio musical. Saiu do anonimato em 1965, com "Colours", mas foi entre 1966 e 1970, quando se associou ao produtor Mickie Most, que teve mais sucessos nos charts europeus e americano. Em 1970 rompeu a ligação e a sua estrela deixou de brilhar.
Esta é a prova de que já nos anos 60 se fabricavam estrelas sem voz. Ou que não chegava uma boa voz para ter sucesso. O importante era ter um bom encosto promocional.
Entre os sucessos dos anos dourados de Donovan, destacam-se este "Sunshine Superman" (1966) ou "Mellow Yellow" (1967) mas, por motivos muito particulares, " To Susan on the west coast waiting" (1969) é a minha favorita.   
Terá sido, porém, "Atlantis" (1968) a canção de Donovan que mais  discos vendeu em todo o mundo. Por isso a escolhi para vos desejar  a primeira Boa Noite da semana.


2 comentários: