quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Those were the days(36)



A Roda dos Alimentos foi uma criação portuguesa dos anos 70 e é, hoje, um elemento incontornável  em qualquer guia sério para uma alimentação saudável. Pelo seu rigor, hoje é considerada mais importante e cientificamente correcta do que a pirâmide americana


Numa época em que a Internet é invadida por "aconselhamentos nutricionais" que na maioria dos casos são contraproducentes e, muitas vezes, apenas manobras de marketing orquestradas por multinacionais do ramo alimentar,  "A Roda dos Alimentos" continua a ser uma referência para os nutricionistas à escala global.
Tive o prazer de participar na campanha de divulgação  da Roda em 2004, uma versão revista e actualizada pelo Instituto do Consumidor e pela Escola de Nutrição do Porto, da Roda dos anos 70 (figura de baixo) onde a água ainda não figurava como elemento central de uma alimentação saudável. 

11 comentários:

  1. Eu olho para a roda e não deixo de achar que aquilo é fixe. Mas depois penso que a roda, aquela composição e aquela distribuição (penso que o tamanho das fatias é percentual ao consumo ideal) e fico a pensar que isso só é bom para quem já é saudável. Por exemplo, eu que sou diabético, tenho naquela roda, nas percentagens que suponho serem as recomendáveis, uma data de pecados. De qualquer forma para quem é saudável e se quer manter saudável, parece-me bem.

    ResponderEliminar
  2. Copo de água ao deitar à noite, copo de água ao levantar de manhã.
    Um hábito diário.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
  3. Talvez o seu autor tenha sido o grande médico, estudioso do assunto e autor de vários livros, de que me orgulho muito de ter alguns em especial o "Alimentação e Saúde" que permanece actual o Dr. Emílio Peres.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o Dr. Emílio Peres era um grande amigo de longa data, com quem tive o privilégio de privar desde miúdo, pois era muito amigo do meu cunhado, também médico. Foi determinante na elaboração da 1ª Roda, em 1977 mas aquando da actualização, feita em 2004, infelizmente já não estava entre nós.

      Eliminar
    2. Fui consultar o livro onde está a roda dos alimentos e o Dr. Emílio Peres já lhe acrescenta um "sexto grupo" composto por água e bebidas não alcoólicas e alcoólicas, porque além da água e conforme a natureza das bebidas hidratos de carbono(refrigerantes), álcool, sais minerais ou vitaminas. Por alguma razão era simpaticamente chamado o "pai dos nutricionistas portugueses". também tenho o seu último livro de 2003.

      Eliminar
    3. Eu sei disso, mas também conheço a razão de a água não ter sido introduzida como centro da Roda antes de 2004. It's a long, long story!

      Eliminar
  4. Vi ontem esta entrevista que adorei: http://www.rtp.pt/play/p2234/grande-entrevista

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Praticamente deixei de ver televisão, mas vou ver a entrevista com o João Magueijo cujo envio agradeço

      Eliminar
  5. A roda dos alimentos é aqui o prato do dia.

    ResponderEliminar