sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Thanks, God! It's (black) Friday




Anda por aí um alvoroço, por causa da Black Friday.  Parece que há  muita gente indignada, porque alguns comerciantes estão a inflaccionar os preços, para dar a ilusão que  hoje  fazem descontos colossais. Não percebo onde está a surpresa. Essa é uma prática que remonta ao tempo  que havia épocas de saldos. 
As minhas preocupações com a Black Friday são as  mesmas que tinha em 2008 e deixei expressas neste post


4 comentários:

  1. O comportamento de manada. Basta ser dado um tiro todos correm irracionalmente para lojas e armazéns à procura da felicidade. Essa felicidade é arrumada num canto da casae, passada a euforia, muitas vezes, tem como destino o contentor pois trata-se de trapos e tralha que só ocupam espaço.
    BFS.

    ResponderEliminar
  2. Não me preocupo. Nunca me meto em alhadas dessas.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Até os saldos não são o que eram. Claro que inflacionam os preços nesta altura!!!
    Cheguei a fazer compras no “boxing day”, há muitos anos, quando valia a pena e a confusão não existia. Hoje não me vou aproximar de nenhuma loja. De supermercados, sim, é um dia em que há pouca gente a comprar produtos alimentares. : ))
    A tradição do Black Friday está a propagar-se por todo o mundo. Os americanos são doidos e eu aqui tão pertinho não me apercebi de quanto loucos são. O resultado Trump confirmou-me essa loucura perigosa.
    Carlos, já leu a entrevista que Trump deu ao New York Times? É de bradar aos céus. Ouvi-lo já nos apercebemos de como o homem “não sabe falar” ... : )))) .... e não devido a qualquer problema físico ou emocional – de contrário nunca faria este comemtário. Mas por escrito.... E vai ser este homem o presidente da nação mais poderosa do mundo!!! Não me posso conformar. Ainda me parece um pesadelo. Só há uma forma de ele não completar os 4 anos. Impeachment!!!
    Nós somos sortudos. Temos o nosso querido Justin Trudeau a governar-nos. : )

    ResponderEliminar
  4. Hummm...fiz ontem as minhas compras de Natal - parte -. No meio de muita gente não sei comprar e nem sequer vejo as coisas (quase nunca vejo as melhores e mais baratas, mas pronto) e venho a correr para casa num mal estar que só visto. Deve ser doença, mas já não me apetece tratá-la.

    ResponderEliminar