sexta-feira, 28 de outubro de 2016

A democracia a que temos direito

No tempo do governo Pafioso, para se consolarem, muitos diziam que, pelo menos, ainda tínhamos liberdade de expressão.
Sempre pensei que se tratava de uma mentira piedosa.

4 comentários:

  1. Porque a estupidez não conhece limites.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
  2. Ou seja, um estúpido qualquer pode insultar uma larga fatia da população Portuguesa que está tudo bem...
    ...mas não lhe podem responder à letra!

    Têm lógica!

    Já agora, segundo esse juiz, será que a liberdade de expressão dos deputados também têm limites? Era algo que se calhar convinha averiguar...

    :)

    ResponderEliminar
  3. ...eu nem acredito no que estou a ler.

    ResponderEliminar
  4. Por estas e por outras é que eles fazem o que querem.

    ResponderEliminar