sábado, 24 de setembro de 2016

Isso não existe, pá!

Os tugas dividem-se em dois grupos:
-os que querem saúde à borla, reforma garantida, escolaridade gratuita, palettes de auto estradas sem portagens, transportes públicos mais baratos e tudo a que reclamam ter direito, só porque nasceram, mas não querem pagar impostos 
- os que aceitam pagar impostos, mas acham um abuso taxar os mais ricos e preferem que os impostos recaiam sobre os rendimentos do trabalho.
Estes últimos habitam no mundo daqueles que não pagam impostos sobre o trabalho, porque vivem da economia paralela.

5 comentários:

  1. A deputada do Bloco de Esquerda, Mariana Mortágua, provocou uma grande polémica ao ter sugerido aumentar os impostos para os mais ricos.

    Convencerá os socialistas? Não creio!

    ResponderEliminar
  2. Não sei qual dos dois tem a visão mais tacanha :P

    ResponderEliminar
  3. ...aliás, tanta gritaria levou-me a constatar que há muitos ricos em Portugal, o que é bom! Os outros, os escandalizados pagantes, gostam de ser sodomizados. Desculpe a expressão.

    ResponderEliminar
  4. Temos muitos "Socialistas-caviar", carros topo de gama, casas na Quinta da Marinha, e também os há com "panamás"....estes e os outros que nasceram e continuam sempre ricos não devem estar contentes...mas chegou a vez deles!
    XX

    ResponderEliminar
  5. E aqueles que acham que roubar ao Estado não é roubar???

    ResponderEliminar