quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Coisas do Arco da Velha ( uma delas tem prémio)

Hoje o dia foi fértil em notícias estapafúrdias, quase  inverosímeis. Ou, como diz a sabedoria popular, "Coisas do Arco da Velha".
Ora vejam só estas:
1-" Esgotaram os bilhetes do Metro" Se fosse no Burkina Fasso todos nos riríamos daqueles atrasados. Mas foi em Lisboa, pá! Diz- se que a culpa  é da empresa fornecedora que não cumpriu os prazos de entrega. Se isso é verdade, só há uma coisa a fazer: exigir responsabilidades à empresa. Acordem! 
2- "DeutscheBank em risco de falência". A sério? Mas não eram só os bancos dos países do sul que faliam, por incompetência dos governos?
3- "Turquia pondera comprar o Deutsche Bank". Veria  esta compra apenas como mais um negócio da globalização, não se desse o caso de me ter lembrado que há uns meses a senhora Merkel foi a Istambul prometer a Erdogan que os euroepus seriam generosos se a Turquia impedisse a entrada dos refugiados e os arrumasse lá num cantinho qualquer onde não dessem muito nas vistas. Não me digam que o Erdogan vai usar esse dinheiro para comprar o banco alemão...(Si non e vero...)
4- "Ministro do Ambiente mandou demolir 81 habitações ilegais na ilha da Culatra".  O quê? Mas a ilha da Culatra não é em Portugal?  E ainda não há manifs e notícias nos jornais para desacreditar o ministro, em defesa dos direitos dos ilegais?
5- "Mário David, o eurodeputado do PSD que anda há dois anos a fazer campanha pela búlgara Kristalina está ligado a um caso de corrupção relacionado com a venda de armamento alemão".  Espera aí... aquela coisa da bandeirinha na lapela só se aplica em território nacional, é? Lá fora os  pafiosos cospem na bandeira e cuidam é dos seus negócios?
6- "Inquilinos querem que Estado pague subsídios aos senhorios pobres" Desculpem lá, mas  nessa não entro.Andei a  dar esmola a um pobre cego no metro e vim a saber que afinal ele era proprietário de um apartamento na Quarteira que aluga de Setembro a Junho. Em Julho e Agosto vai ele de férias com a família
7- "Assunção Cristas quer que os partidos paguem IMI pelos edifícios das suas sedes". Parece uma exigência sensata, não parece?.Seria...não se desse o caso de Cristas defender isenção de IMI para as propriedades da Igreja. Vejam só a coincidência... a sede do CDS está num edifício que é propriedade da Igreja.
8- "IMI de casas devolutas vai triplicar"- E pode? Não estamos num país livre onde cada um faz da sua casa o que bem lhe apetece? Inclusivamente pegar-lhe fogo e mandar a conta à companhia de seguros?E xpectante, aguardo o protesto dos assalariados e jovens casais que se queixam de não haver casas para alugar, contra esta medida que visa, também, dinamizar o mercado de aluguer.
No título deste post, escrevo que uma destas notíias tem prémio.
Hesitei bastante entre as notícias 1,3,6 e 7. Acabei por declarar Cristas (7) a grande vencedora do prémio "É preciso ter lata..."
Os meus caros leitores/as têm toda a liberdade de discordar e escolher outra. Só agradeço que me informem sobre a vossa escolha na caixa de comentários.

14 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. A Alemanha quer é ganhar o direito de veto, que não mereceu na altura (e não merece agora), porque não tinha crédito. vendeu o problema dos refugiados agora compram-na a ela. Voltamos ao primórdios da história, como se fosse uma espécie de permuta directa.

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que em Portugal se abatam os alemães que cá vivem, com tratamento igual para a Alemanha.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  3. Concordo plenamente, excepto com o #4. Até hoje ninguém teve coragem de acabar com a pouca vergonha com a destruição da Ria Formosa. As luxuosas casas de praia que até serviam de fonte de rendimento á custa do bem público. neste caso fica resolvido o caso dos pescadores em casas em condições. Se o carcomido acabou com as pescas devia ter resolvido o problema. Eu sei qual é o ponto de vista do Carlos, mas os proprietários não têm coragem de se manifestar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu creio que estamos de acordo em relação ao ponto 4, Anfitrite. O meu comentário é de escárnio. Aplaudo vivamente a decisão do ministro. Entretanto a CS já lhe está a cascar, como era óbvio.

      Eliminar
  4. E assim «lá vamos, cantando e rindo...»
    Nós e o mundo...
    ~~~~~~~

    ResponderEliminar
  5. A escolha é óbvia - a Turquia.
    Pedir dinheiro emprestado a um banco para comprar esse banco é de génio!!! :)))

    ResponderEliminar
  6. Pode haver um prémio partilhado? Se assim for eu dava-o à Turquia e à Cristas. A um pela genialidade, à outra pela hipocrisia.

    ResponderEliminar
  7. Escolhi a da Cristas e publiquei a notícia nas minhas páginas das redes sociais, com uma foto dela, bastante feia, hehehe...
    (merece)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João.Gostei de te ver por aqui. Grande abraço

      Eliminar