sexta-feira, 5 de agosto de 2016

One moment in time


Decorre hoje a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.
Há dois anos comecei a planear a ida ao Rio, pois pareceu-me que seria uma boa oportunidade ( para não dizer a única, ou a última) para  viver  o ambiente de uns JO. Acertei a minha ida com família no  Rio, o que os deixou surpreendidos pois sabem que eu nunca planeio nada e muito menos com tanta antecedência.
O meu entusiasmo e os cuidados que pus na preparação deixaram amigos próximos perplexos e, ao contrário do que me é habitual, falava frequentemente  na minha intenção e no périplo pela América do Sul que tencionava fazer, revisitando  alguns locais e visitando outros que ainda não tive oportunidade de conhecer. Seria a minha primeira grande viagem depois de entrar na reforma e o prazo de duração previsto era de pouco mais de três meses. 
Até que numa tarde de Julho de ano passado, num momento, recebi a notícia que ninguém quer receber e teve em mim o efeito de uma bomba. Num segundo, todos os meus planos  ruiram como um baralho de cartas. 
Ainda não me recompus dos efeitos, mas confirmei, nesse dia, que o meu lema de vida " deixar a vida acontecer" era o  mais certo e que fazer planos não condiz comigo.
Fez um ano no dia 24 de Julho. A minha vida nunca mais será igual, mas o meu lema de vida vai permanecer até ao final dos meus dias.
A associação deste post à música que escolhi  para o ilustrar é demasiado óbvia, mas não me lembrei de nenhuma melhor.
Tenham um excelente FDS.

17 comentários:



  1. O mês de Julho também é o pior mês da minha vida. As duas piores notícias da minha vida tive-as a uma sexta-feira (ambas a 13 de Julho). De Agosto também não gosto muito porque é o mês do meu nascimento. Pela maneira como falo vê-se logo que só podia ser leoa. Apesar de tudo acho que já fui útil a várias pessoas, no entanto tenho aguentado muito sozinha para me manter no fio da navalha. Mas ainda consigo gargalhar com algumas coisas. Planos nunca fiz. As coisas foram acontecendo, com alguns momentos interessantes pelo meio, mas agora já não espero nada, só queria que o resto não fosse muito doloroso.
    Nunca pensei ir aos JO e muito menos estes, de que não espero nada de bom. No entanto, houve tempos em que passava as noites em claro (o que não é difícil para mim) para ver as cerimónias de Abertura e de Encerramento. Houve uma que me ficou na memória de linda que foi, não sei se foi no Canadá se foi nos EUA. Mas ainda hei-de procurar e possivelmente encontrar, porque eu nunca desisto quando meto uma coisa na cabeça e encontro dificuldades. (Até das noites longas dos resultados das eleições eu tenho saudades, agora é tudo tão rápido).
    Carlos tenho sofrido um bocado consigo (nunca mais me esqueci daquele malvado postal que pôs com o "Au revoir". fartei-me de chorar e ainda bem que o tirou. Isto deve ser porque eu bebo muita água porque já estou outra vez a gotejar. Com um dos postais desta semana aliviou-me bastante, porque afinal não era para morrer ou viver mais uns meses. todos morreremos dum momento para o outro, por Goze o momento presente, porque só esse lhe pertence inteiramente.
    Este vídeo é espectacular, mas ao ouvir a fabulosa voz da Whitney, não consigo deixar de pensar na sua triste vida e na da filha. Porque raio eu sou assim?!
    Bom fim-de-semana! (para todos)

    ResponderEliminar
  2. Apanhei um grande susto!
    Felizmente ainda o temos bem agarrado ao seu rochedo...
    Quanto aos Olímpicos, já não são o que eram, pois vão
    decorrer num país com alta taxa de criminalidade, calor
    e corrupção. Não perde nada por não se meter em tais
    confusões.
    A música ficou muito bem...
    Excelente fim de semana, sem nostalgias.
    Grande abraço.
    ~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  3. Amigo, interessa é estares aqui no Rochedo e connosco!

    Não conhecia a canção, imagina.

    E que linda a tia foto de capa..

    Abraço e feliz final de semana

    ResponderEliminar
  4. Também tenho a tendência em “deixar a vida acontecer”, mas o lema que ouvimos constantemente não é esse. Make every moment/day count! Live each day as if it’s your last! Faz sentido, mas não deixa de ser igualmente estressante, o viver cada dia intensamente sem ele acontecer por si próprio...

    ResponderEliminar
  5. Nestes dias, o Rio de Janeiro é a mesma caótica e carinhosa metrópole de sempre, embora longe da euforia desportiva de Londres em 2012. Indagados, os cidadãos cariocas mostram-se, antes, cépticos de que a candidatura para RIO 2016 tenha sido uma boa ideia.

    Embora eu tenha muita pena que o Carlos não esteja agora na bela cidade do Rio de Janeiro, concordo com a São, o que interessa é estar aqui no novo Rochedo e connosco.

    Não conhecia a canção, e gostei tanto que a levei para "A room of one's own".

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  6. Nunca gostei de planear nada com muita antecedência, prefiro ir deixando que a vida aconteça e, há medida que o tempo passa, cada vez me sinto melhor assim.
    Passámos todos um mau bocado, por aqui, enquanto o Carlos se debatia com essa bomba que deflagrou na sua vida, mas há que ter muita esperança e acreditar, sempre! Nós, acreditámos!
    Viva a sua Vida, Carlos. O presente, o dia de hoje. O amanhã é incerto para toda a gente.
    Gosto muito dessa canção e da voz da Whitney.

    Um abraço com afecto e votos de bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  7. Faço minhas as palavras da Janita, Carlos. Um dia após outro.
    Sorria.
    Um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  8. Carlos por agora só venho deixar o meu beijinho e desejar um bom fim de semana .

    ResponderEliminar
  9. O Brasil é o país que, apesar de todas as profecias apocalípticas, sediou um Campeonato do Mundo bem-sucedido em 2014.

    Só tive pena de não ver o Carlos, na bancada, a aplaudir PORTUGAL, em vez do Marcelo. Quem pagou a viajem do vosso presidente?

    Viva RIO 2016!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perdão!

      "viagem e não viajem"

      Estou a ficar com sono. Boa noite!

      Eliminar
  10. Great article. I read this article properly. This is one of the best posts. Thanks sharing this article
    Teefury , Redbubble uk , Spreadshirt us , tshirthell coupon , threadless coupon , Teeprings us , Teepublic coupon code , 80stees coupon

    ResponderEliminar
  11. Espero que não se zangue, Carlos. menciono esta sua emocionante crónica, discretamente, no "ematejoca azul".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca me zango consigo e muito menos por uma coisa destas,minha querida amiga. As nossas divergências são salutares. Um grande beijinho do seu amigo tuga refilão. (E com mau feitio...)

      Eliminar
  12. Como sou do contra venho aqui para que ninguém se esqueça deste dia: http://acervosegundaguerra.blogspot.pt/2011/08/historias-hiroshima-de-agosto-de-1945.html

    ResponderEliminar
  13. Oi Carlos
    Gostaria muito que pudesse ter vindo.Aqui não é 'esse bicho papão' que dizem tanto! Há vida há alegria há harmonia e muita gente feliz!!
    Não entendi bem o que o fez desistir e quem mão queria te receber.Mas,o importante é que os jogos Olímpicos seguem em paz. Também há todos os problemas próprios de um País gigante com todo tipo de diversidade. Por isso tão interessante e tão comentado!
    Tem gente que fala o que lê na mídia e só sabe isso_ como se seus países fossem essa maravilha toda.
    rsrs
    Gosto de defender meu País que é lindo sempre que leio verdades mas também julgamentos de quem nunca pisou por aqui... rs
    um abraço grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Problemas de saúde foram a única causa impeditiva de estar hoje no Rio, Lis Costa. Nada mais...
      Como sabe gosto muito do Brasil, tenho pena que esteja vivendo essa crise, mas como dizem meus familiares brasileiros, tudo vai passar e o Brasil continuara a ser grande.Abraco

      Eliminar