segunda-feira, 15 de agosto de 2016

L'enfance



Se uma criança é capaz de enganar os juízes acusando outra criança de abusos sexuais, como não acreditar que haja crianças a inventar casos de pedofilia praticados por figuras públicas, enganando esses mesmos juizes?
O jovem Leandro esteve preso um ano, saiu em liberdade e com um pedido de desculpas, depois de as crianças que o acusaram terem admitido que tinham mentido, instigados pelas mães. Alguém garantiu a Leandro o direito a uma indemnização e a condenação de quem acusou, com o alto patrocínio das mãezinhas?
 Carlos Cruz esteve seis anos presos e continua, como no primeiro dia, a reclamar a sua inocência. O caso de Leandro dá ao sr. 1,2,3, uma razão de peso!

8 comentários:

  1. As testemunhas podem mentir neste e em outros casos e crimes, como podem dizer a verdade e o seu depoimento constitui um meio de prova. Importante é conseguir distinguir e descobrir a verdade (no caso da Casa Pia estive a ler partes do acórdão e além do depoimento dos jovens havia provas físicas de que tinham sido vítimas de abusos graves como terem ficado incontinentes - será que faltaram à verdade sobre o autor ou autores dos abusos? Seja como for é terrível que tenham ocorrido abusos assim em crianças tão desprotegidas)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A História está cheia de erros judiciais assentes em provas irrefutáveis, Gabi. Quantos erros já condenaram à morte inocentes?
      Os juizes não são infalíveis, são seres humanos como outros quaisquer e podem errar, mas o segundo dever da justiça é reconhecer os seus erros e tentar remediá-los. Infelizmente, não é isso que vemos,mas sim uma sistemática desculpabilização, tirando a água do capote e tentando atirar as responsabilidades para cima de terceiros.

      Eliminar
  2. Carlos, obrigada por se ter lembrado do meu aniversário! Nasci dia da Nossa Senhora da Assunção. Fui a.bem.soada (como diz Mia Couto), mas também tenho tido um rico cálvário.
    Vídeo lindo que eu desconhecia.

    falando do postal eu estou convencida da inocência do CC. As crianças sabem mentir muito bem. E o CC era das pessoas mais conhecidas, até pelas crianças, e das mais invejadas. Conheço um advogado famoso e dizem que há tantos, mas este tinha o seu gang onde recrutar testemunhas. Quanto a testemunhas falsas eu também já fui vítima e perdi uma herança com isso. Não, não ia pedir que considerassem a minha avó como incapaz, ela não estava apenas obedeceu a outro filho porque o meu pai já tinha partido. As histórias que eu conheço! Mas a maioria dos abusos sexuais são praticados pelos próprios familiares. Uns porque vivem ao molhe, outros por aberração, outros por devoção. outros por religião... Mas só agora é que se fala tanto disso, como de outras coisas, porque há tantos meios de comunicação social e muitas formas de ganhar dinheiro. Ainda há tão pouco tempo que uma mulher não podia fazer quase nada se não parir e trabalhar sem autorização do marido. Outras, oficialmente, nem podiam exercer certas profissões, nem casar com quem queriam e por aí fora...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beste Glückwünsche zum Geburtstag, liebe GISELA.

      Weiter so in die nächsten Jahre mit Elan und Schwung und viel Kraft den Alltag zu meistern.

      Liebe Grüße von Teresa

      Eliminar
    2. Muito obrigada, Teresa.
      Tenho remado muito contra a maré e talvez seja isso que me tem dado forças. Mas estou a ficar cansada e só reajo, quando encontro resistência ou quando vejo qualquer coisa com que não consigo admitir. E aí não escolho as palavras, porque há uma coisa que eu nunca admiti: foi a hipocrisia. não tenho maneiras para resistir a isso. Podem dizer que é falta de berço ou de chá, mas o que eu tenho visto de pior é precisamente nessa gente que tem lixado o outro. Os outros perdoai-lhes senhor... mas aos que se julgam sábios apetece-me falar forte e feio.
      vamos lá a ver se tenho forças para aguentar mais um ano, porque eu própria achei estranho eu ter falado do meu aniversário, que eu nunca festejei. Tudo de bom para si. Abraço,
      Gisela

      Eliminar
    3. Mesmo atrasado, e sabendo que, tal como eu, nunca festeja o aniversário,permita-me que lhe dê os parabéns, Anfitrite Atena Gisela
      Abraço

      Eliminar
    4. Obrigada, Carlos. Deve ter sido a minha tripla identidade que me fez falar. Podiam ser heterónimos, mas o tipo de escrita é sempre o mesmo...

      Eliminar
  3. Espero vir a saber a verdade de toda essa situação nojenta da Casa Pia.
    Vai demorar mas quero acreditar que ainda venhamos a saber toda a verdade.

    ResponderEliminar