terça-feira, 30 de agosto de 2016

Carreiras top star

Carlos Carreiras preside a uma Câmara ( Cascais) cujos serviços nao conseguem responder, num mês, a uma pergunta tão simples como esta:
Com que fundamento a Câmara Municipal de Cascais autorizou uma discoteca do Estoril a funcionar até as 8 horas da manha em dias úteis, violando os princípios básicos do bem estar dos cidadãos que precisam de trabalhar e levantar-se a horas decentes e chegar ao trabalho sem serem olhados de viés pelos colegas e superiores hierárquicos, que pensam que ela andou na noite e se marimba para o trabalho?  
Obviamente que os serviços da Câmara  conhecem as razoes da autorização, mas eu so ontem fiquei a saber, quando fui informado sobre a identidade do proprietário do Ocean Clube do Tamariz.
No entanto, Carlos Carreiras obriga os bares de Cascais com música ao vivo a suspenderem os trinados a partir da meia noite, alegadamente, para nao perturbarem o sossego dos moradores. E segue o mesmo principio durante as Festas Do Mar, o que indicia uma coerência que o presidente da edilidade cascaense nao tem em relação aos moradores do Estoril. 
Este mesmo Carlos Carreiras deu uma entrevista ao DN de ontem, onde tenta passar uma imagem de pessoa de bem. Pelo meio,
manda umas farpas a António Costa, colocando em causa a sua capacidade para liderar o pais e anunciando a desgraça num futuro próximo. Insiste que Passos Coelho nos salvou e admite que o líder do PSD volte (num dia de nevoeiro?) para repor as coisas na ordem. 
Com a cumplicidade da jornalista que o entrevistou, tendo o cuidado de nao colocar questões que o comprometam, Carlos Carreiras nao enunciou uma única medida concreta do seu mandato que tenha contribuído para melhorar a qualidade de vida no concelho, mas deu uma informação preciosa que revela a sua estatura moral:
Em plena crise, durante uma das cerimonias festivas de que tanto gosta, Carlos Carreiras pressentiu que havia gente que ia causa problemas, quando terminasse a cerimonia. 
Decidido, dirigiu-se ao "agitador" e perguntou:
"Nao me conheces?"
O homem terá ficado aflito e perguntado de onde e que Carreiras o conhecia.
Nao estivemos presos os dois juntos?-perguntou Carreiras
O homem terá confirmado que tinha estado preso e dito o nome do estabelecimento prisional onde estivera, ao que  Carreiras retorquiu dizendo que ele estivera no Linho, por isso tinha confundido o interlocutor.
A conversa ficou por ai, mas alguém na comitiva terá perguntado a Carreiras se alguma vez tinha estado preso.
"Nao, mas resolvi o problema"-respondeu Carreiras.
Esta historieta e bem capaz de ser gargaleira de Carlos Carreiras, mas admito, sem rebuço, que o homem de aos serviços instruções semelhantes, para perguntas incomodas dos municip


10 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Carlos, só para ver o regabofe que é a CMC, mando-lhe este resultado (na altura ele era vice, mas correu logo o superior), que nunca vai ao cerne, por razões que levariam tempo a explicar, mas é só para se entreter, na parte do pessoal, pode ser que conheça alguém que o ajude a resolver o problema. E, em Pessoal, passam-se coisa que bradam aos céus (para já não falar de regalias extra- contratuais, de que aqui nem falam). É que são mais as pessoas a trabalhar a tempo completo, com autorização para acumular com outras funções e actividades, onde a Câmara depois se irá pronunciar. Eu cheguei aqui porque conheço um arquitecto que destruiu (?) a minha casa, que é lá técnico superior, trabalha no Departamento de Urbanização e tem um gabinete (Firma) mais a mulher e um amigo, onde fazem projectos para serem aprovados na Camâra e noutras das redondezas, onde todos se conhecem. infelizmente a Liberdade também deu para tanto vigarista e zé ninguém se aproveitar. Mas, mesmo assim, valeu a pena! http://www.tcontas.pt/pt/actos/rel_auditoria/2013/2s/audit-dgtc-rel008-2013-2s.pdf

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Câmara de Cascais sempre foi um regabofe. Tenho casa no concelho ha 40anos e sei bem como tudo se passa. Agora, a nível de ruído, nunca tinha tido problemas. So mesmo aqui no Estoril, pois nem em Cascais, nem em S. João ou S.Pedro as discotecas e bares podem estar abertas até de manha.

      Eliminar
  3. Parece que este é pior do que o anterior.

    ResponderEliminar
  4. O pior é que não é só o "novato" Ocean "qualquer coisa". Mesmo ao lado, a discoteca Tamariz, brinda-nos aos fins de semana com música até às 6 da manhã, aumentando exponencialmente ente as 5 e as 6. Moro no Monte Estoril, talvez a 1,5 km em linha reta e há anos que levo com isto. Em tempos reclamei junto da CM, JF, PSP, autoridade marítima e procuradoria. Alguns nem responderam. Da CMC disseram para eu os contactar quando tal acontecesse para virem a minha casa medir o ruído. O fim de semana passado houve duas sessões de foguetes. Uma perto das 5 e outra perto das 3. Entre a minha casa, onde se ouve a música aos berros e o Tamariz, existem três hotéis: Intercontinental, Sabóia e Estoril Éden. Imagino a satisfação dos turistas. Nada a fazer, portanto. Como costume dizer o sr. Carreiras às reclamações dos munícipes, queixam-se aos tribunais...

    ResponderEliminar
  5. Decidi apresentar queixa ao DIAP , que esta a tratar o assunto como crime. Como ainda ha dias me dizia uma vizinha, so quando as pessoas se unirem e apresentarem queixa na CMC será possível fazer alguma coisa. O Carreiras e um ordinário e transmitiu essa postura ao pessoal da Câmara , onde muitos o apaparicam, porque ele sabe recompensar as pessoas que lhe interessam.

    ResponderEliminar
  6. Unirem-se, fazer queixa, ir protestar, com elementos, nas assembleias municipais. O Estoril com o casino e os seus interesses ( chegou a haver um vereador na C^mara que era advogado do casino). Como é que o Hotel Palácio e outros não se queixam? também estarão vendidos? Por alguma razão o DDT tinha lá residência para as suas falcatruas.
    Com as novas tecnologias não há hipótese de gravar os níveis de som em casa e respectivos horários, ou pelo menos com testemunhas presentes. nunca me hei-de esquecer que por causa da C^mara, uma vez pedi uma consulta ao Dr. Magalhães Mota, que era dos maiores peritos em Direito Administrativo, ele ouviu-me, aconselhou-me e não me levou um tostão. Pessoalmente não o conhecia de lado nenhum, mas fiquei a saber que, do princípio da Democracia, ainda restava gente nobre, o que já não penso do colega dele que formou o partido e que ainda está vivo.

    ResponderEliminar
  7. É muito fácil definir Carlos Carreiras: um incompetente em bicos de pés.

    ResponderEliminar