quarta-feira, 6 de julho de 2016

Não é para desmoralizar...

... mas ao ver a euforia que se instalou entre os portugueses, tenho a sensação que a nossa caminhada no Euro termina hoje. Só vi o jogo do País de Gales com a Bélgica e, devo dizer, fiquei surpreendido.
Não acredito que haja excesso de confiança entre os jogadores portugueses, mas sei que Portugal se dá mal com equipas com o estilo de jogo dos galeses.
É a quinta vez que Portugal está nas meias finais de um europeu. Se mais uma vez  não conseguirmos ir à final, não passem da euforia ao desânimo e, acima de tudo, não desatem a zurzir nos jogadores e equipa técnica.
E, aconteça o que acontecer, não digam que tivemos azar. Já tivemos sorte suficiente neste europeu, para chegarmos à  final de domingo e a vencermos.
Se ficarmos pelo caminho, o pior que podemos fazer é criticar as opções do treinador. Quanto ao árbitro, se não for alemão nem espanhol, também não deverá haver razão para desculpas.

28 comentários:

  1. Como se o Carlos gostasse de desmoralizar os seus leitores e as suas leitores!! Nunca me passaria isso pela cabeça! : )

    ResponderEliminar
  2. Pois!!! De facto, esta croniqueta é mais para animar e orientar o pessoal, caso não passemos à final, claro...

    Ai, esta conchinha do dragão é tramada.

    ResponderEliminar
  3. Concordo contigo, António.
    Beijinho.
    ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ando-vos a trocar os nomes!!!
      Boas férias, Carlos Barbosa.
      Beijinho.
      ~~~

      Eliminar
  4. Começo pelo árbitro: é sueco.
    A selecção portuguesa não tem condições naturais para exibir excesso de confiança. O que tem acontecido é que os 'media' tal como os 'cumentadeiros' de aviário e os talibans da internet, acham que aquilo 'são favas contadas'.

    Se a selecção do engenheiro não for à final, não vai. Simples assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António! António!

      Não basta o eterno péssimismo do Carlos???

      Vamos dar cabo dos gauleses esta noite; no domingo dos alemães. Viva a equipa das quinas.

      Eliminar
    2. Mas vai!! Dois a Zero, Observador!!

      Paris espera-nos!

      Viva Portugal!!!

      Eliminar
    3. António, a tua "osga" pelo treinador é intrigante! Que te fez o homem? Conta...😃
      Afinal estamos lá!

      Eliminar
  5. Concordo. Já tivemos sorte em chegar aqui. O problema não é dos jogadores, mas a final não me parece ao alcance dos portugueses. Digo eu que não entendo de futebol nem de engenheiros que treinam selecções. E não me parece que a selecção portuguesa se aguente de pé e caia com elegância numa final com tal adversário que vá ter. Mas agora o que interessa é mesmo o jogo que aí vem. E que vença a equipa que melhor jogar. Ou, mesmo jogando pior, que seja a portuguesa:). É bom sonhar antes do desafio. O sonho é sempre salutar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É preciso sorte para tudo. mas aqui tem-se tratado de técnica e de união. Até Ronaldo se sujeitou às criticas para ajudar a selecção como um todo.
      "As finais são para ganhar, não para jogar" como disse o seleccionador. Não se esqueça que a bola é redonda como quase tudo que nos cerca e que é importante.

      Eliminar
  6. Portugal é quarta melhor seleção europeia no ranking FIFA... e o resto são tretas.

    Eu acredito na equipa das quinas.

    Vamos lá cambada, contra os gauleses marchar, marchar...

    ResponderEliminar
  7. Já lá estão! Nas finais. Mais do que se esperava! Muito bem.

    ResponderEliminar
  8. Continue a desmoralizar, Carlos, que dá sorte.

    No domingo vamos dar cabo do cabedal alemão.

    VIVA A EQUIPA DAS QUINAS!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ema, e eu que já estava preocupada consigo, porque não sabia qual seria a sua opção...Para mim a Inglaterra já foi, só falta ir a alemã, mas tenho cá as minhas dúvidas, por causa do país organizador e de toda a gente, ou quase, ter o seu preço.

      Eliminar
    2. Anfitrite, eu não me chamo Ema, eu chamo-me Teresa e AMO A EQUIPA DAS QUINAS.

      Eliminar
    3. Eu sei. Mas eu já disse que dá muito trabalho a escrever o "nick" e que não me diz nada. Por isso eu prefiro baptizar as pessoas.

      Eliminar
    4. Ema era o nome da minha mãe, por isso, tudo bem.

      Eliminar
    5. Eu sabia! Até estou arrepiada. A minha percepção extra-sensorial prega-me partidas que eu às vezes fico de boca aberta. os espíritos agrestes muitas vezes se entendem. Um bonito nome!

      Eliminar
  9. Já lá estamos!!! VIVA PORTUGAL!!! (confesso, pensava na vitória com uma réstia de esperança e afinal foi certeza)

    ResponderEliminar
  10. E ganhou a equipa que jogou melhor.

    ResponderEliminar
  11. Messi condenado a dois anos e três meses de prisão. Claro que não vai cumprir porque o dinheiro catalão paga tudo. o Norte está sempre acima disso tudo, apesar dele vir dum lugar bem ao sul, mas sozinho não faria nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Após um tribunal de Barcelona ter condenado Lionel Messi e o seu pai Jorge Horacio a 21 meses de prisão por fraude fiscal, nesta quarta-feira (06/07), ambas as partes anunciaram que apresentarão um recurso ao Tribunal Supremo.

      Se a fraude fiscal fosse na Alemanha, eles íam mesmo parar à cadeia, por isso, é que eu gosto do país onde vivo.

      Eliminar
    2. Iam parar a cadeia, se nao fossem alemães, Teresa. Como hoje ainda se viu, a sua amiga Merkel defendeu sanções contra Portugal e Espanha, mas esqueceu que a Alemanha também esta em incumprimento e devia ser sancionada, também. Eu até gosto da Alemanha e tenho amigas alemãs, o que nao consigo compreender e que portugueses se ponham ao lado de um governo alemão feito de criminosos, que exige sanções contra Portugal, so porque nao gosta deste governo. Espero que no dia em que esse governo de bandidos de que tanto gosta, provocar a terceira guerra mundial, abra os olhos. Defender Portugal no futebol e muito bonito, mas eu prefiro defender o pais dos tirantes canalhas que governam a Alemanha. E olhe que até a minha amiga Petra defende Portugal e considera as sanções um acto hostil contra um pais pobre que ousou desafiar o pensamento monolítico de um filho da pauta chamado Schaueble.

      Eliminar
  12. Desculpe o tom desabrido do comentário, Teresa, mas sou português e embora reconheça os muitos erros dos governos dos últimos anos, nao tolero ataques injustos de criminosos que querem brilhar atacando fracos. Nunca me venderei A A lemanha, nem que esteja a morrer a fome. Dignidade acima de tudo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uli Hoeneß foi em 13 de Março de 2014 condenado a cumprir a pena de três anos e seis meses de prisão por fraude fiscal, tendo anunciado o abandono da liderança do clube bávaro.

      Eliminar
  13. Cumpriu-se o meu desígnio. Agora o Platini vai comprar a UEFA e o árbitro. Ainda por cima o Ronaldo já o igualou no seu recorde.

    ResponderEliminar
  14. http://www.tsf.pt/programa/sinais/emissao/portugales-5270596.html

    ResponderEliminar