sábado, 30 de julho de 2016

Dia do Postal Ilustrado (14)


Este postal foi enviado pelo Pedro Coimbra. Vem de Macau, obviamente, e reproduz a Praia Grande. Eu ainda a conheci (quase) assim, nos idos de 60, mas o Pedro creio que nunca terá visto aquela belíssima zona de Macau com vistas tão desafogadas. Que saudades!
É altura de dizer que o Pedro também nunca recebeu um postal com esta imagem. Foi pescá-lo à Net, para participar no desafio que lancei.
Pessoalmente acho que fez muito bem, porque apesar  de eu ter bastantes fotos desta belíssima zona de Macau, tiradas ao longo dos anos - e até ter encontrado há dias um postal igualzinho a este no meu espólio- esta memória da Praia Grande trouxe-me uma profunda saudade de um sítio onde fui muito feliz. 

29 comentários:

  1. Respostas
    1. Infelizmente, esta imagem faz parte de um Macau desaparecido, Catarina. Tenho uma saudade imensa desse tempo e foi para mim um choque visitar Macau 10 anos depois de lá ter deixado de viver e 40 depois de lá ter estado pela primeira vez com os meus pais.

      Eliminar
  2. Que lindo postal.Gostei de ver! Já de volta das férias, deixo um abraço,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Chica. Bom regresso. Eu estou meio em férias e assim vou continuar durante mais algum tempo.

      Eliminar
  3. Se dizes que era uma belíssima zona, eu acredito...

    Mas hoje é dia de outras celebrações e eu ainda espero
    pela tua visita. Bj
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos, a visita que aa Majo esperava era a sua por ser dia da amizade.

      Eliminar
    2. Eu sei, Anfitrite. Qual era a dúvida? E respondi à chamada,mesmo tardiamente, porque ao FDS quase não venho à blogosfera. Principalmente no Verão

      Eliminar
  4. Tenho pena de não conhecer Macau...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se gostaria do Macau actual, Graça. Este Macau que o Pedro nos trouxe já não existe. Infelizmente...

      Eliminar
  5. Mundos que nunca vou conhecer.

    Amigo Carlos peço desculpa pela minha ausencia forçada pela bolgosfera, espero em breve voltar a visitar os blpgues.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem nada que pedir desculpa, Adélia! Eu também tenho períodos de ausência prolongados. A blogosfera só faz sentido se não for uma obrigação, caso contrário não tem interesse. Beijinhos e até breve

      Eliminar
  6. Bonito e antigo, como 'mandava' o regulamento!
    Por este postal nunca iria identificar Macau, como a tenho visto, noutras imagens!
    (excluindo a legenda em cima)

    Um abraço a ambos e bom Domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem a Janita, nem a maioria das pessoas que vê imagens do Macau do século XXI.
      Abraço e boa semana

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Que a cada semana vai ficando mais rica. Não lhe parece, Rogério?

      Eliminar
  8. Porque hoje foi o dia internacional da AMIZADE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A rosa de cor amarela significa dinheiro, riqueza e prosperidade... e não AMIZADE.

      Eliminar
    2. Para mim, todos os dias são da AMIZADE, Atena/Anfritite. Obrigado pela rosa.

      Eliminar
    3. Ema, para si tudo o que luze é oiro. Deixe-se estar onde está. Amarelo é a cor da amizade, branca da pureza, rosa do amor, vermelha da paixão e por aí fora... E olhe que eu não sou daltónica.

      Eliminar
    4. Carlos,quando verdadeira, acho que é a
      única coisa que perdura no tempo, sem tempo. Eu apenas quis experimentar se ainda sabia fazer alguma coisa em HTML. Só que a imagem que apareceu, não tinha o aspecto, que eu escolhi. Em todo o lado há publicidade. Também não costumo festejar dias inventados, mas tenho algumas datas especiais, como todos nós.

      Eliminar
  9. A Praia Grande que eu conheci, e onde vivi, já não era assim, Carlos.
    Mas também não era nada do que é hoje.
    A
    O meu lar, a minha paixão, o local que me fez verdadeiramente feliz, inteiro, e que nunca mais abandonarei.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Praia Grande era o meu local de trabalho, Pedro. As manhãs eram sempre uma festa. E uma dádiva!

      Eliminar
  10. Também passei bons tempos numa praia grande. Suponho que em Porto Côvo. Com AMIGOS que ainda conservo e os anos não deterioraram. Pelo menos no meu coração são exactíssimamente os mesmos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Preservar os amigos seja numa Praia Grande ou noutro local qualquer, é um privilégio.

      Eliminar
  11. Atena, as suas rosas amarelas são um must. À AMIZADE, pois claro. Não cheiram, são virtuais, (também não picam, nem precisam de jarra, nem temos de atirá-las fora quando começam a cheirar a cemitério), de certa forma nem existem; mas é o que se consegue. Um obrigada virtual para si:). E bom domingo fora do ecran

    ResponderEliminar
  12. Nunca identificaria Macau através do postal enviado pelo nosso amigo Pedro Coimbra. Imaginava Macau um lugar exótico.

    Aquele abraço para o Pedro e para o Carlos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta Macau já não existe, Teresa.
      Mesmo quem conhece bem Macau terá dificuldade em reconhecer a cidade neste postal.
      Boa semana para ambos

      Eliminar
    2. O Pedro Coimbra já disse tudo, Teresa. Mas Macau ainda tem bastante exotismo, só que agora está escondido e mais diluído. A face visível de Macau nada tem a ver com a sua essência.
      Abraços e boa semana

      Eliminar