segunda-feira, 13 de junho de 2016

Les cornichons*




Sejamos realistas. Se esta(s) abécula(s) se estão marimbando para o facto de terem morrido mais de 10 mil refugiados nas águas do Mediterrâneo em menos de 2 anos, como é que lhes podemos exigir que se preocupem com a pobreza e  as desigualdades, em vez de aplicarem sanções a um país que está de rastos?
E como é que podemos exigir que uma galinha de crista e um coelho  assumam responsabilidades pelo  estado a que chegou o país, se é muito mais fácil culpar os que vieram limpar a merda que eles deixaram?

* Não confundir com aqueles pepinos pequeninos. Aqui, cornichon é mesmo utilizado no sentido  de niaise

4 comentários:

  1. Acho que a 2ª pessoa do singular pede um s. A não ser que os referidos animais não mereçam tal curva. É aceitável.
    Mas gostei das abéculas que até é um nome mal empregado nessa caterva.

    ResponderEliminar
  2. O que se há-de fazer se Pierre Moscovici é pago para dizer barbaridades?

    ResponderEliminar