terça-feira, 7 de junho de 2016

E se a solução estiver no pequeno almoço?




Desde que tomou posse, Marcelo Rebelo de Sousa insiste  em  unir as duas partes do país. A missão  sempre me pareceu impossível, até porque  uma das partes é descaradamente apoiada pela Igreja.
Desde há muito que a selecção portuguesa parece ser o único elo de ligação entre os portugueses, mas essa união só dura episodicamente, enquanto duram as competições. Uma vez terminadas e consumado mais um insucesso, as desavenças recomeçam. Não se pode, pois, esperar muito  da selecção como mediadora entre os portugueses desavindos.
Este fim de semana, porém, surgiu um sinal de esperança proveniente do sítio do costume: o mundo do futebol.
Não percebi ainda a propósito de quê,  a comunicação social tem dado grande destaque a Luís Figo ( conhecido em Espanha por pesetero, depois de trocar o Barça pelo Real) por ter desferido um  feroz ataque a Pinto da Costa.  Desvalorizadas as mentiras de Figo ( o FC do Porto este ano não ganhou só bilhar, Luís. Venceu o nacional de basket, o nacional de juniores em futebol , a II Liga, etc) sou obrigado a reconhecer o grande papel que pode estar reservado ao antigo capitão da selecção nacional na tarefa de unir os portugueses. É que ele conseguiu unir comentadores do FC.do Porto, Sporting e Benfica, na crítica  unânime ao seu descabelado ataque a Pinto da Costa. Sinceramente, não me lembro de mais ninguém que nas últimas décadas tenha conseguido um feito tão espectacular!
Atrevo-me a sugerir a Marcelo que convide Figo para mediador das desavenças entre os portugueses mas, pelo sim pelo não, é melhor perguntar quanto é que ele cobra pelo pequeno almoço...

5 comentários:

  1. Os meus pequenos-almoços, melhor dizendo, brunches, são mais variados que esses. Poderá ser um elo mais eficaz....

    ResponderEliminar
  2. O Figo levou uma pancada muito bem dada pelo Rodolfo Reis.
    Perdeu uma boa oportunidade para estar calado.
    Como se ele não tivesse (muitos!!) telhados de vidro...

    ResponderEliminar
  3. Nunca vi um artigo de opinião ou comentário quando Pinto da Costa falou da candidatura de Figo à presidência da FIFA. Se fosse um jogador ex-portista Pinto da Costa não tinha a mesma reacção.

    ResponderEliminar
  4. Pois bem, Carlos, com ou sem moji (Moji é um termo tupi, e significa rio da cobra (M'Boiji), QUERO uma boa resposta ou uma boa sova. Amo picadas de escorpião.

    Ouvi algures, Carlos, que o Marcelo joga no dia 14 de Junho na selecção portuguesa junto ao nosso menino d'ouro.

    Beijinho terno da Teresa

    ResponderEliminar