domingo, 1 de maio de 2016

Os domingos já não são o que eram...

Mudam-se os tempos, mudam-se os pecados.
Ainda sou do tempo em que os padres garantiam nas suas homilias que domingo era dia de descanso e, salvo raras excepções, era pecado trabalhar.
Igreja também já não é o que era e aquela ideia de dar a outra face caiu em desuso.
Mas o cúmulo da ironia é o Dia do Trabalhador assinalar-se a um domingo.
O mundo está mesmo do avesso!

3 comentários:

  1. Alguma coisa ainda é o que era? Acho que o mundo está, de facto, do avesso...
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  2. Ter caído num Domingo é uma injustiça!!!
    um bom Domingo
    e um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
  3. E o pingo doce dizer que fazia de promoções de 50%.
    Este ano até coincidiu com o novo dia da Mãe que para mim continua a ser o dia 8 de Dezembro, porque era o dia da Nossa Senhora da Conceição - Imaculada Conceição, não só porque está ligado à nossa História, cuja independência foi comprada ao papa, mas porque me faz lembrar o tempo em que eu ainda acreditava em milagres. http://www.snpcultura.org/imaculada_conceicao_e_historia_portugal.html

    ResponderEliminar