quarta-feira, 4 de maio de 2016

Nunca digas desta água não beberei...

Lamento desiludir algumas almas, mas continuo a considerar este comportamento de Constâncio inadmissível.
E, desta vez, estou ao lado do PSD nas críticas ao vice presidente do BCE. Pelo menos até que alguém me apresente argumentos racionais que justifiquem o comportamento do ex presidente do Banco de Portugal.

8 comentários:

  1. Já disse aqui que Constâncio tem razão. Podemos não gostar da regra, mas ele enquanto quadro do BCE (e foi nessa qualidade que participou no processo do BANIF) não responde perante os Parlamentos nacionais. Se o PSD quer ser consequente que apresente, se isso é possível, um pedido de audição em Estrasburgo... O resto é pura politiquice...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que percebo, não gosta da regra... mas como quem manda é Bruxelas...

      Eliminar
    2. Caro Rogério, No caso, engana-se. Não gosto do Euro e sobretudo não gosto da forma sobranceira como o UE trata Portugal em matérias como a da simples venda de um banco. Integrar na CGD nem pensar, mas contribuir com dinheiros públicos para recapitalizar o Santander, isso está muito bem. Agora, era só o que faltava que Constâncio (e por que não Draghi) tivesse que se desmultiplicar em declarações aos diferentes Parlamentos dos 19 Países membros da zona Euro. Aliás, por que especificamente Constâncio? Não faria mesmo sentido nenhum. A subsidiaridade também funciona para os níveis superiores, não apenas para os inferiores.

      Eliminar
    3. Foi Mário Draghi que ensinou a Grécia a falsificar as contas para poder entrar no Euro. Ele até foi gestor da Golman Sachs.

      Eliminar
  2. Carlos,

    Um reparo
    é o PSD que (agora)está do seu lado

    ResponderEliminar
  3. Dentro em breve talvez a geringonça não funcione. Era bom ter ouvido o que disse ontem o historiador PPereira, no 360º. Eu acho que devia era criticar a nojenta Maria Luís e o seu aluno. Tenho medo do que nos espera e dos fanáticos não quererem ver a realidade. Há gente a comentar(ofender) que nem sabe escrever, porque nem deve ter a quarta classe. O que é que eles sabem de leis? Deviam ter-se preocupado com as alterações que a bafienta salazarista fez ao nosso CPP que diz tudo e o seu contrário em que ninguém, sem dinheiro, terá direito a pedir justiça. Mas aí ninguém falou. Ninguém com juízo concorda com as regras de Bruxelas, Estrasburgo ou Frankfurt...

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Um excelente exemplo do acerto do adágio When the going gets tough, the tough get going :(

    ResponderEliminar