quinta-feira, 12 de maio de 2016

A vingança



Isto de Bruxelas ameaçar cortes nos fundos a Portugal, porque entre 2013 e 2015, o governo anterior não respeitou o esforço orçamental, cheira mesmo a vingança de filhos da puta.
Se os Pafiosos se mantivessem no poder, a lixar a vida a quem trabalha, tudo seria permitido, mas como é um governo de esquerda que se recusa a martirizar mais os portugueses, a corja de bandidos europeus quer aplicar sanções a Portugal.
Mais triste ainda, é ver que a direita aplaude Bruxelas, o que demonstra o grau de subserviência que o anterior governo mantinha em relação à Alemanha.
Se é para isto que estamos na Europa, concordo com Catarina Martins e Jerónimo de Sousa. Que se f... a Europa. 
Quanto aos comentadores, analistas  e ressabiados  que, embora reconhecendo o erro cometido pelo anterior governo,advogam que o PS tem de assumir as responsabilidades, por se ter aliado ao PCP e ao BE, só há uma interpretação possível: a corrupção mental minou de tal forma a sociedade portuguesa,que pessoas  de direita por quem tinha consideração-alguns mesmo estima-
e sempre considerei intelectualmente honestas,se tornaram meros bonecos de feira acéfalos, ao serviço dos interesses do ilusionista de Massamá.

3 comentários:

  1. ~~~
    Muito bem, Carlos.
    ~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  2. A comissão europeia não quer nada com governos que pretendam que os próprios países levantem os olhos do chão e ergam cabeça. É que não perdoam tal atitude, estão apostados, esse bando de gente armada em esperta, em provar que tem de ser tudo como querem porque são eles que podem, querem e mandam. Isto cheira-me a vingança para fazer cair governos que desagradam porque não dizem àmen ao leque de exigências que se eterniza. Malvada gente que não nos deixa respirar. Oxalá um dia saibam como é.

    ResponderEliminar
  3. Concordo com António Costa - não deixa de ser curioso que o médico ralhe com o doente por este ter seguido a prescrição recomendada...

    ResponderEliminar