quinta-feira, 14 de abril de 2016

Oiça um bom conselho: não esqueça que no melhor pano cai a nódoa



Permitam-me que louve a dignidade do secretário de estado da juventude e desporto na hora da demissão. Ao contrário do que é habitual, não invocou questões pessoais e esclareceu, com a frontalidade que se devia exigir a qualquer político que saía por  discordar da política seguida pelo ministro.
Muito bem!
Há apenas um pequeno senão e aqui é que a porca torce o rabo. Quando o senhor secretário de estado aceitou o lugar,  perguntou ao senhor ministro qual era a política que ele pretendia prosseguir e depois sentiu-se enganado, ou sentiu-se tão estimulado com o convite que aceitou sem pestanejar?
A resposta a esta questão é determinante porque no melhor pano cai a nódoa e gostaríamos de saber qual dos "panos" ficou manchado.

2 comentários: