quinta-feira, 21 de abril de 2016

Mais vale um rato de esgoto, do que um vampiro asseado

Quando, em Outubro, dei entrada no Hospital para ser operado, escrevi dois posts sobre a escassez de roupas ( nem uma almofada tinha) e sobre as dúvidas que tinha em relação à higiene das mesmas. Fui muito mal interpretado, apesar de então ter esclarecido que mesmo assim preferia ser operado num hospital público, por médicos competentes e dedicados, do que num daqueles hospitais privados que vivem à custa do Estado e da exploração do negócio da saúde.
Não gosto de situações como esta, mas também detesto vampiros muito asseados, que cobram 15 € por uma pesagem. 

5 comentários:

  1. Não consigo perceber, muito menos aceitar, que se adoeça, ou agrave a doença, no hospital.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
  2. Não gosto das duas situações referidas.
    Bom fim de semana, Carlos.

    ResponderEliminar
  3. Pois é, talvez sejam preferíveis os hospitais públicos. Mas sabe quanto tempo se espera para uma cirurgia?

    Sou da opinião acima. Merecemos melhor.

    ResponderEliminar
  4. Sou a favor do serviço público .No entanto , em vésperas de ser operada a uma catarata , escolhi o privado mais próximo , para ser operada pelo meu médico de sempre e já agora na data mais apropriada.
    M.A.A.

    ResponderEliminar