quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Dos aeroportos para os bancos

Quando não está no poder, o PSD dedica-se à banca e outros negócios pouco claros. É a isso que eles chamam "Social Democracia Sempre!"
Pela calada, Pedro Passos Coelho vai reconstruindo a sua teia. O pivot de todo o protagonismo de uma figura baça e medíocre como o ex-pm, tem a sua merecida recompensa. Relvas vive e o seu círculo fortalece-se.  Quando pensávamos que o BPN era assunto arrumado, ei-lo ressuscitado.
Fica por saber se Miguel Relvas  vai ser banqueiro por equivalência ou  passagem administrativa. Certo, é que o examinador se chama Carlos Costa. 

2 comentários:

  1. Só tomei conhecimento desta nova teia recentemente e fiquei alarmada. Vai ser uma passagem administrativa e só falta a assinatura de quem foi referido . Será mesmo assim ? E os reformados é que pagam as asneiras ( os roubos ) presentes e futuros ?
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  2. Um dos homens fortes da JSD foi claro. Quer rejuvenescer o partido em termos de figurões, perdão, de figuras de proa.
    Se for assim, Coelho vai andando, sem possibilidade de reconstruir o que quer que seja.

    ResponderEliminar