sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

A pandilha

Já perdi a conta ao número de palhaços nomeados para cargos de chefia pelo anterior governo que, depois de terem dito cobras e lagartos do PS e jurado a pés juntos que se recusariam a trabalhar com um governo PS, se mantêm agarrados como lapas aos seus lugares.
Ver como alguns (Lamas, por exemplo) apesar humilhados pelos ministros da tutela, se recusam a abandonar os cargos, denota à saciedade a estirpe e o carácter do laranjal que medrou à sombra de Passos. Uma pandilha de inúteis!
É demasiada laranja podre para um país tão pequeno.

2 comentários:

  1. Absolutamente de acordo. E ainda não percebi porque é que aquele Carlos Costa não pode levar com um par de patins... :P

    Beijocas

    ResponderEliminar